PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Funcionária morre atropelada por empilhadeira em empresa em Cubatão (SP)

Modelo de empilhadeira semelhante ao que atropelou Sammyra Cristina Capela - Rubens Chaves/Folhapress
Modelo de empilhadeira semelhante ao que atropelou Sammyra Cristina Capela Imagem: Rubens Chaves/Folhapress

Daniel Leite

Colaboração para o UOL, em Juiz de Fora (MG)

04/10/2019 19h07

A Polícia Civil está investigando a morte de uma funcionária de uma empresa de contêineres em Cubatão (SP), litoral do estado. Sammyra Cristina Capela foi atropelada por uma empilhadeira enquanto trabalhava. O caso está registrado como homicídio culposo, sem a intenção de matar. O boletim de ocorrência informa tratar-se de acidente de trabalho.

A empresa Depotce não deu detalhes e não disponibilizou entrevistado. Informou apenas ter sido um acidente ocorrido "infortunadamente", que significa falta de sorte ou infelicidade.

Sammyra tinha 34 anos e, de acordo com o registro policial, morreu durante o trabalho, atropelada pela máquina. Uma empilhadeira do tipo stacker, como a que causou a tragédia, pesa em torno de 70 toneladas e é utilizada para carregar contêineres.

De acordo com uma pessoa próxima da vítima, outros funcionários contaram que ela foi atingida enquanto mexia no celular, pois era seu instrumento de trabalho. "Ela trabalha com o telefone, por isso ela estava mexendo nele, era instrumento de trabalho".

Sammyra era conferente de pátio e verificava o que era transportado pelas empilhadeiras. Um funcionário da firma contou que ela chegou a subir na máquina para entregar a folha de instruções ao operador.

Ao descer, teria se distraído, o condutor não viu e a atropelou, esmagando os membros inferiores, segundo testemunhas.

A Secretaria de Segurança Pública do estado afirmou que a investigação solicitou imagens de câmeras de segurança. O celular da Sammyra e a empilhadeira foram apreendidos.

Empresa não dá detalhes do acidente

Sem detalhar o caso, a Depotce, onde aconteceu o acidente, informou, em nota, que por volta das 10h de ontem, "infortunadamente, ocorreu acidente nas dependências da empresa".

A firma diz ter acionado o atendimento emergencial para os primeiros socorros à trabalhadora. Prestou condolências aos familiares da vítima e afirma estar à disposição para esclarecer o caso.

O corpo foi enterrado na tarde de hoje, em Santos.

Cotidiano