Topo

Vereador e esposa são presos em operação contra venda de CNHs na Bahia

Reprodução/Noticias ao Minuto
Imagem: Reprodução/Noticias ao Minuto

Carolina Marins

Do UOL, em São Paulo

21/11/2019 11h07

O vereador de Campo Formoso, na Bahia, Arlivan Carvalho Gonçalves e sua esposa Rute Maia Batista foram presos na manhã de hoje durante a operação Captiosus, da Polícia Civil da Bahia que desarticulou um esquema de venda de carteiras de habilitação, na cidade Senhor do Bonfim e região. Ao todo foram cumpridos 20 mandados de busca e apreensão e 11 de prisão.

Segundo o diretor do Departamento de Polícia do Interior (Depin), delegado Flávio Góis, o esquema fraudulento vinha sendo investigado pela 19ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Senhor do Bonfim) e tinha a participação de três servidores do Ciretran da região, que cobravam propina para aprovar candidatos, inclusive analfabetos, sem os exames exigidos para a emissão da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), informou a polícia em nota.

O vereador e a esposa eram donos de uma autoescola, informou a polícia civil. Além deles, foram presos três servidores, três donos de outros centros de formação de condutores (CFC) e três instrutores de direção.

"Durante as buscas em diversos imóveis relacionados ao envolvidos no crime, os policiais apreenderam documentos que comprovam a fraude", diz o comunicado.

A investigação também apura a participação de um delegado e de um investigador da PC, no esquema. Os servidores foram afastados das funções e tiveram mandados de medidas cautelares, como a proibição de frequentar delegacias e manterem contato entre si, com o objetivo de evitar interferência na investigação, cumpridos por uma equipe da Corregedoria da Polícia Civil (Correpol).

O UOL tenta contato com a defesa de Arlivan Carvalho Gonçalves e Rute Maia Batista.

Cotidiano