PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
5 meses

Doméstica grávida é morta a facadas na Bahia; suspeito é o neto da patroa

Jéssica Santiago dos Santos, 29 - Reprodução
Jéssica Santiago dos Santos, 29 Imagem: Reprodução

Wanderley Preite Sobrinho

Do UOL, em São Paulo

16/02/2020 13h28

A empregada doméstica Jéssica Santiago dos Santos, 29, foi morta a facadas na madrugada de hoje na casa onde trabalhava no bairro Canela, em Salvador. Os moradores do bairro afirmam que ela estava grávida e que foi morta depois de estuprada pelo neto da patroa. A polícia baiana investiga as circunstâncias da morte.

O homem de 29 anos foi ferido pela população e levado ao Hospital Geral do Estado. Ao UOL, a assessoria da PM na Bahia informou que o rapaz "foi capturado com uma lesão na cabeça, socorrido para o hospital", mas já conduzido ao DHPP (Departamento de Homicídios de Proteção à Pessoa).

A denúncia, no entanto, incluiu um segundo acusado que "conseguiu fugir", informou a PM. Os policiais militares foram acionados "por volta das 4h deste domingo" na rua Reitor Miguel Calmon.

A polícia investiga a veracidade do relato dos moradores. Eles afirmam que os dois homens brincavam o Carnaval quando pararam em frente à casa da avó de um deles e pediram para entrar. Jéssica abriu a porta para a dupla. Um dos vizinhos disse à polícia que ela saiu da casa pouco depois ensanguentada segurando o filho pequeno no colo e alegando ter sido esfaqueada.

Pouco depois, um dos suspeitos saiu do imóvel, quando foi atacado pelos moradores. Ele só se livrou do linchamento com ajuda da PM. Os próprios policiais socorreram o homem antes de levá-lo para a cadeia.

Amazonas enfrenta onda de violência por causa de facções

Band Notí­cias

Cotidiano