PUBLICIDADE
Topo

Efetivos das Forças Armadas começam a atuar no Ceará

Agentes da Força Nacional no Centro de Formação Olímpica (CFO) em Fortaleza (CE) - KLEBER GONÇALVES/ ESTADÃO CONTEÚDO
Agentes da Força Nacional no Centro de Formação Olímpica (CFO) em Fortaleza (CE) Imagem: KLEBER GONÇALVES/ ESTADÃO CONTEÚDO

Do UOL, em São Paulo

21/02/2020 11h24

Começa hoje a Operação de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) das Forças Armadas no Ceará. Com o nome de "Mandacaru", a operação tem foco na capital Fortaleza e atende ao pedido do governador do estado do Ceará, Camilo Santana.

A ideia é preservar a ordem pública e tentar estabelecer a normalidade na segurança do Ceará por meio de patrulhamento ostensivo, revista de veículos e pessoas e liberdade para tomar medidas que garantem o êxito da operação.

O Decreto nº 10.251, de 20 de fevereiro de 2020, regulamenta a operação e determina que Camilo Santana passe o controle dos efetivos e aparatos de segurança pública dos órgãos municipais, estaduais e federais ao comando da operação.

O estado do Ceará disponibilizou quatro batalhões de Policiamento de Choque, três de Policiamento Raio e cinco de Policiamento Especializado.

Errata: o texto foi atualizado
Diferente do informado no texto, o Decreto nº 10.251 é de 20 de fevereiro de 2020, e não 20 de fevereiro de 2021. A informação foi corrigida.

Cotidiano