PUBLICIDADE
Topo

Presidente da Fundação Palmares diz que isolamento é 'imbecilidade'

Sérgio Camargo, presidente da Fundação Palmares - Renato Costa/FramePhoto/Folhapress
Sérgio Camargo, presidente da Fundação Palmares Imagem: Renato Costa/FramePhoto/Folhapress

Do UOL, em São Paulo

24/03/2020 09h16

O presidente da Fundação Palmares, Sérgio Camargo, chamou o isolamento social que as pessoas têm feito por causa do novo coronavírus de "maior imbecilidade da história da humanidade", que "precisa ser imediatamente suspenso", exceto "para os que são grupo de risco".

"Confinaram 99% da população em casa para vencer um vírus que mata em torno de 1% dos infectados. O isolamento, exceto para os que são do grupo de risco, precisa ser imediatamente suspenso. É a maior imbecilidade da história da humanidade! Ao trabalho, brasileiros!", disse Camargo em sua conta no Twitter.

Dados da OMS (Organização Mundial da Saúde) mostram que há 334.981 casos oficiais de covid-19 no mundo — a doença já matou 14.652 pessoas.

Como ainda não existe vacina desenvolvida e testada contra o novo coronavírus, o isolamento social tem sido uma das medidas mais eficazes porque ajuda a diminuir o número de pessoas para as quais um indivíduo pode transmitir o vírus.

Coronavírus