PUBLICIDADE
Topo

Suspensão de visitas nos presídios federais é ampliada para 30 dias

Do UOL, em São Paulo

24/03/2020 09h01

A suspensão de visitas nos presídios federais foi ampliada para 30 dias. A medida tem como objetivo prevenir a disseminação do novo coronavírus nas unidades. A mudança foi publicada nesta terça-feira no Diário Oficial da União.

No último dia 16 de março, o Ministério da Justiça havia determinado a mesma suspensão pelo prazo de 15 dias. Mas, diante da pandemia, o órgão decidiu estendê-la.

Com a ampliação da medida, continuam suspensas temporariamente as visitas sociais, atendimento de advogados, atividades educacionais e de trabalho, assistência religiosas e escoltas dos presos.

Caso exista alguma necessidade urgente, o atendimento de advogados será mantido, segundo a portaria. A mesma exceção vale para escoltas de requisições judiciais e situações emergenciais. Os casos serão analisados internamente.

Os presos com mais de 60 anos ou com doenças crônicas devem ficar o mais isolado possível dos demais detentos durante movimentações internas.

Coronavírus