PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Esse conteúdo é antigo

Estudo da Fiocruz encontra coronavírus em esgoto de Niterói, no Rio

Porém, descoberta não garante que vírus possa ser transmitido pelas águas do esgoto - National Institutes of Health / AFP
Porém, descoberta não garante que vírus possa ser transmitido pelas águas do esgoto Imagem: National Institutes of Health / AFP

Do UOL, em São Paulo

28/04/2020 15h19

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) anunciou que um estudo seu encontrou a presença do coronavírus em águas do esgoto da cidade de Niterói, no Rio de Janeiro. Ainda assim, os cientistas disseram que não é possível afirmar se água das redes de esgoto teria capacidade de transmitir a doença.

A possibilidade seria pequena em função da sensibilidade do vírus em condições como a de um esgoto.

A análise serviu como um instrumento para monitorar o contágio e a circulação da covid-19 na população. Já se sabia que o coronavírus poderia estar presente em fezes de pacientes — mas ainda não se tem noção de como o vírus seria infeccioso nesse ambiente.

O estudo foi feito em Niterói porque a cidade tem saneamento básico considerado adequado, com tratamento de cerca de 90% dos efluentes.

Coronavírus