PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
2 meses

Polícia prende 'Parazinho', apontado como chefe da milícia em Nova Iguaçu

Polícia Civil do Rio de Janeiro prendeu hoje Fernando Alves Lacerda, conhecido como "Parazinho" - Reprodução/ Polícia Civil do Rio de Janeiro
Polícia Civil do Rio de Janeiro prendeu hoje Fernando Alves Lacerda, conhecido como 'Parazinho' Imagem: Reprodução/ Polícia Civil do Rio de Janeiro

Do UOL, em São Paulo

17/05/2020 18h14

A Polícia Civil do Rio de Janeiro prendeu hoje Fernando Alves Lacerda, conhecido como "Parazinho" e apontado pelas autoridades como chefe da milícia em Nova Iguaçu. Ele foi localizado e detido no bairro Figueiras, na cidade da baixada fluminense. Os mandados foram expedidos pela 1ª Vara Criminal de Nova Iguaçu, e "Parazinho" foi preso por constituição de milícia privada.

Os policias encontraram três armas de fogo em sua posse. "Parazinho" encaminhado à Secretaria de Administração Penitenciária. Segundo a polícia, ele assumiu a chefia da milícia de Miguel Couto após a prisão de Mário Barbosa Marques Júnior, o "Van Damme", em fevereiro na Via Lagos, em Rio Bonito — cidade da região metropolitana do Rio.

Em dezembro, outras três pessoas foram presas acusadas de integrar a milícia. De acordo com a polícia, o grupo age, além do bairro Miguel Couto, na região do Geneciano. A milícia é responsável por dominar serviços clandestinos de água, gás e televisão à cabo, além de ser acusada de homicídios, sequestros e ocultação de cadáver.

Hoje, mais cedo, a Polícia Civil do Rio também prendeu Cristiano Lima de Oliveira, conhecido como "Jiraya", suspeito de ser o número dois do grupo miliciano Liga da Justiça. "Jiraya" seria o atual líder da comunidade do Antares, na zona oeste do Rio, e o braço direito de Wellington da Silva Braga, o "Ecko", líder da milícia.

Cotidiano