PUBLICIDADE
Topo

BH: Kalil diz ser escolhido por Deus em ano de covid e tragédia com chuvas

Alexandre Kalil (PSD), prefeito de Belo Horizonte - Amira Hissa/Divulgação
Alexandre Kalil (PSD), prefeito de Belo Horizonte Imagem: Amira Hissa/Divulgação

Do UOL, em São Paulo

01/07/2020 20h24

O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), afirmou hoje em entrevista para o Estado de Minas que foi escolhido por Deus para comandar a capital de Minas Gerais em um ano tão tumultuado como está sendo 2020.

No começo do ano, a cidade enfrentou tragédias por conta de chuvas fortes, que deixaram em 12 mortes na Vila Bernadete e no Bairro Jardim Alvorada.

Já em março, a pandemia do coronavírus chegou ao município. BH tem 5771 casos e 144 mortes em decorrência da doença — o estado de Minas Gerais bateu hoje a marca dos 1.000 óbitos.

"Muita gente que tem muito mais fé do que eu, me diz o seguinte: 'Deus te escolheu para enfrentar isso'", disse o prefeito da cidade.

"Então, se fui escolhido para enfrentar essa pandemia e a destruição da cidade, que já está reconstruída, graças a Deus - o bom é isso, porque o pessoal até esqueceu que essa cidade foi destruída - isso quer dizer que fui escolhido. Então, eu tenho que acreditar que Deus me deu essa missão", acrescentou.

Coronavírus