PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
5 meses
Aeronave cai próximo ao Campo de Marte, em São Paulo; uma pessoa morreu

Anaís Motta, Douglas Porto e Emanuel Colombari

Do UOL, em São Paulo

08/07/2020 18h31Atualizada em 08/07/2020 22h23

Uma aeronave de pequeno porte caiu e pegou fogo hoje próximo ao Campo de Marte, na zona norte de São Paulo. A queda aconteceu quando o avião se preparava para pousar no aeroporto, pouco depois das 18h, na Avenida Braz Leme. Uma pessoa morreu, segundo o Corpo de Bombeiros, e ainda não foi identificada.

Oito viaturas e 24 homens se dirigiram para o local — uma das avenidas mais movimentadas da zona norte. No acidente, nenhum transeunte foi atingido, apesar de haver pessoas caminhando e pedalando no canteiro central. O fogo foi controlado por volta das 18h40, e um corpo foi encontrado carbonizado, ainda de acordo com os bombeiros. Ainda não há informações sobre quantas pessoas estavam a bordo ou se há outros feridos.

Em nota ao UOL, a Infraero lamentou o acidente e informou que se tratava de um bimotor BE-58, prefixo PR-OFI, que partiu de Ubatuba, no litoral norte de São Paulo, e pousaria no Campo de Marte. A aeronave executiva tem capacidade para cinco passageiros mais o piloto.

"A aeronave, ao tentar fazer o pouso, apresentou problemas e acabou caindo na Avenida Braz Leme", explicou.

Ainda de acordo com a Infraero, os bombeiros do Aeroporto Campo de Marte foram acionados às 18h14 para prestar os primeiros atendimentos.

Aeronave - Campo de Marte - Reprodução/YouTube - Reprodução/YouTube
Imagem: Reprodução/YouTube

Segundo registros da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), o proprietário da aeronave é o empresário Renato Kazakevic. Ainda não se sabe, porém, se era ele o piloto no momento do acidente. Ele tem endereços residenciais em Ubatuba e em Alphaville, em Barueri (SP).

O modelo, fabricado em 1975, foi comprado em 2016 e não tinha permissão para operar como táxi aéreo. Ao UOL, a Anac informou que a aeronave estava com a documentação em dia.

"As informações sobre as possíveis causas do acidente serão investigadas pelo Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), da Aeronáutica. Ainda não temos confirmação sobre a identidade do piloto a bordo", completou a agência.

Segundo a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), ambos os sentidos da Braz Leme, na altura do número 1.300, foram fechados. O órgão recomenda evitar a região.

Incêndio na Favela Zaki Narchi

Mais cedo, também na zona norte, a comunidade conhecida como favela Zaki Narchi foi atingida por um incêndio que motivou o deslocamento de 18 viaturas e 50 oficiais do Corpo de Bombeiros para o seu combate.

Segundo informações dos bombeiros, o fogo começou na região da Rua Antônio dos Santos Neto, que fica bem próxima ao DEIC (Departamento Estadual de Investigações Criminais) e a uma unidade de saúde do CEI (Centro Especializado em Reabilitação) municipal.

Ainda segundo a corporação, apesar da gravidade do incêndio, não há registro de vítimas. Em entrevista à CNN Brasil, um líder comunitário informou que 78 famílias foram atingidas e quatro pessoas estão desaparecidas, mas os bombeiros não confirmam esta informação.

De acordo o prefeito Bruno Covas (PSDB-SP), que também conversou com a CNN, equipes da prefeitura — como Defesa Civil e Assistência Social — já estão no local para prestar atendimento às famílias. As causas do incêndio são desconhecidas.

Cotidiano