PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Santa Catarina amplia restrições em sete regiões em situação gravíssima

Comércio fechado no centro de Florianópolis - Cristiano Andujar/Futura Press/Estadão Conteúdo
Comércio fechado no centro de Florianópolis Imagem: Cristiano Andujar/Futura Press/Estadão Conteúdo

Do UOL, em São Paulo

17/07/2020 21h21

O governador de Santa Catarina, Carlos Moisés da Silva (PSL), anunciou hoje novas medidas restritivas para sete regiões classificadas como nível gravíssimo para a pandemia do novo coronavírus.

Entre as restrições estão suspensão por 14 dias de serviços de transporte coletivo municipal e intermunicipal já na segunda-feira (20). Outra mudança é a suspensão de concentração e permanência em espaços públicos de uso coletivo — parques, praças e praias — a partir de amanhã.

As regiões mais atingidas são: Grande Florianópolis, Foz do Rio Itajaí, Médio Vale, Xanxerê, Laguna, Nordeste (Joinville) e região Carbonífera.

"Como havíamos falado desde o início dos trabalhos de enfrentamento desta pandemia, a primeira quinzena de julho seria uma das mais difíceis de enfrentarmos. Isso de fato está acontecendo" disse o governador.

"Trabalhamos sempre para ampliar os leitos de UTI, o que fizemos em mais de 70%. Também contratamos profissionais de saúde e ampliamos os exames no Laboratório Central do Estado. Todo o esforço do governo em proteger o cidadão tem que ser aliado ao esforço da população e das regiões de saúde em Santa Catarina", acrescentou.

O decreto abrange 111 dos 295 municípios catarinenses e será publicado ainda hoje no Diário Oficial do Estado. Santa Catarina, segundo o boletim mais recente do Ministério da Saúde, tem mais de 51 mil casos e 646 mortes em decorrência da doença.

Coronavírus