PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
6 meses

Ciclone extratropical pode causar ventos de até 90 km/h no RS

Imagens de satélite mostram ciclone extratropical se aproximando da região Sul do Brasil - Satélite GOES-16/Canal 13
Imagens de satélite mostram ciclone extratropical se aproximando da região Sul do Brasil Imagem: Satélite GOES-16/Canal 13

Do UOL, em São Paulo

02/09/2020 11h24Atualizada em 02/09/2020 12h44

Um forte ciclone extratropical está se formando hoje entre a Argentina, o Uruguai e o Brasil e pode causar ventos de até 90 km/h no Rio Grande do Sul e de 50 km/h a 70 km/h no restante da região Sul, segundo o Climatempo.

Aliado à frente fria que também se aproxima, o fenômeno deve deixar as nuvens carregadas sobre o estado brasileiro, o Uruguai e o leste da Argentina (região de Buenos Aires), com potencial para chuva volumosa, rajadas de vento intensas e até granizo.

Os efeitos devem se intensificar na madrugada de amanhã, ainda de acordo com o Climatempo. O ciclone extratropical ficará mais forte no litoral do Uruguai e no extremo sul gaúcho, com risco de rajadas de vento de 80 km/h a 100 km/h em cidades como Chuí, Santa Vitória do Palmar, Rio Grande e Pelotas.

Por influência do relevo, as serras do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina também poderão sentir rajadas de vento da ordem de 100 km/h.

O ciclone começa a se afastar do país já na tarde de amanhã, o que vai enfraquecer seus efeitos sobre o Sul. As regiões mais próximas — Sudeste e Centro-Oeste — não devem ser afetadas pelo fenômeno.

Frio no feriado

A primavera no Hemisfério Sul começa oficialmente em 22 de setembro, mas o frio ainda poderá surpreender a região Sul nas últimas semanas do inverno, inclusive no feriado de 7 de setembro (Independência do Brasil).

A nova frente fria, mesmo intensa, não deve atingir o Brasil com a força e abrangência da massa de ar polar que passou por aqui entre 19 e 23 de agosto. A tendência agora é que o ar frio atue sobre o sul do país, afetando principalmente o Rio Grande do Sul.

A possibilidade de nevar no Sul ainda não pode ser completamente descartada, "mas a chance é muito baixa", segundo o Climatempo. O frio mais intenso será na fronteira do Rio Grande do Sul com o Uruguai, onde pode gear.

No sábado (5), a frente fria deixa o tempo chuvoso no oeste e sul de Santa Catarina e no norte e nordeste do Rio Grande do Sul. Também vai fazer frio: em Porto Alegre, a mínima deve ficar abaixo dos 12 °C.

Cotidiano