PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

RJ: Gerente do jornal O Globo é baleado ao entrar por engano em comunidade

Carro do funcionário do jornal O Globo que foi baleado em tiroteio no Rio de Janeiro - Reprodução/TV Globo
Carro do funcionário do jornal O Globo que foi baleado em tiroteio no Rio de Janeiro Imagem: Reprodução/TV Globo

Tatiana Campbell

Colaboração para o UOL, no Rio de Janeiro

21/10/2020 14h11

Um homem foi baleado hoje pela manhã após entrar por engano em um dos acesso à Cidade Alta, em Cordovil, na Zona Norte do Rio. Cristhiano Coimbra de Mendonça, 43, é gerente de projetos do jornal O Globo.

De acordo com a Polícia Militar, ele voltava de Itaipava, na Região Serrana do Rio de Janeiro, para um compromisso no centro da cidade, quando se deparou com um grande congestionamento na Avenida Brasil, uma das principais vias expressas da cidade. Ele seguiu então um caminho sugerido por um aplicativo de trânsito, e acabou acessando a rua Porto Velho, que dá acesso à comunidade da Cidade Alta.

Ainda segundo a PM, ao perceber que estava entrando na Cidade Alta, Cristhiano tentou sair da comunidade, mas acabou sendo baleado nas costas. Os agentes informaram que o carro dele foi atingido por quatro tiros: um na parte da frente, dois na parte de trás e um na lateral. Mesmo ferido, ele ainda conseguiu sair do local. Porém, ao voltar para a Avenida Brasil, perdeu o controle do veículo e bateu em um outro carro.

Por volta das 7h, a Polícia Militar foi chamada até o local, e os agentes do Batalhão de Policiamento em Vias Expressas (BPVE) levaram Cristhiano Coimbra para o Hospital Estadual Getúlio Vargas, que fica na mesma região. A Secretaria de Saúde informou ao UOL ele passou por uma cirurgia e agora "encontra-se internado no CTI da unidade e apresenta quadro clínico grave".

Em nota, a PM informou que "após o ocorrido, o policiamento foi reforçado na região" e que não há informações sobre outros feridos ou presos.

Cotidiano