PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
3 meses

Segurança arrasta homem pela rua em frente à rodoviária em Campinas; vídeo

Felipe de Souza

Colaboração para o UOL, em Campinas (SP)

01/12/2020 17h17

A Socicam, concessionária administradora do Terminal Multimodal Ramos de Azevedo, em Campinas, interior de São Paulo, demitiu um segurança flagrado arrastando um homem pela rua na entrada da rodoviária da cidade. O caso aconteceu hoje de manhã e foi acompanhado por dezenas de pessoas.

Uma testemunha que viu o que aconteceu, mas pediu para não ser identificada, disse ao UOL que o homem estava visivelmente embriagado e dormindo em uma área coberta onde há uma plataforma para que carros possam embarcar e desembarcar passageiros.

"Isso aconteceu por volta de 9h. Ele não estava mexendo com ninguém, estava tentando dormir apenas. Eu tenho a impressão de já ter visto ele aqui na região. Não estava nem no caminho de outros pedestres, mas sim recolhido em um canto", conta.

Foi então que um segurança, de uma empresa terceirizada que presta serviços à Socicam, teria o obrigado a sair do local. Como não atendia ao chamado, o funcionário pegou o homem pela camisa e o arrastou pela Rua Dr. Pereira Lima, momento em que o vídeo começou a ser gravado.

"Eu fiquei em choque com aquela cena. E ainda vi que ele jogou o moço, batendo a cabeça dele na calçada. Mas não tive como reagir, vai que aquele segurança partia para cima de mim?", acrescenta a testemunha.

O estudante Paulo Roberto Souza, 26, que tinha acabado de desembarcar de um ônibus vindo de São Paulo e aguardava um veículo de transporte por aplicativo, afirmou que a vítima não esboçou nenhuma reação. "Parecia que ele não acreditava no que estava acontecendo. Falta de amor no coração", disse.

A reportagem circulou no período da tarde na região da rodoviária para ver se tentava encontrar o homem que foi agredido.

Funcionários de um quiosque que fica perto do local onde a confusão aconteceu contaram que, depois que foi deixado ali, o homem se levantou, cambaleando, e seguiu em direção ao bairro Vila Industrial — ao lado do terminal rodoviário —, e não foi mais visto.

Funcionário foi demitido horas depois

A Socicam, concessionária da rodoviária de Campinas, informou em nota que o segurança foi demitido, e a empresa terceirizada responsável pelo serviço foi notificada.

"A situação está em apuração interna, em caráter de urgência, para oferecermos apoio ao cidadão que sofreu a agressão e delimitarmos a conduta necessária junto aos órgãos oficiais. A concessionária assegura ainda que esse tipo de conduta não condiz com as políticas e padrão de atendimento aplicados e exigidos de todos os prestadores de serviços terceirizados ou não", pontua.

Não houve chamados registrados na Guarda Municipal ou Polícia Militar sobre a ocorrência. O UOL ainda não conseguiu a identificação do ex-funcionário para tentar ouvir a posição dele.

Cotidiano