PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Conteúdo publicado há
11 meses

Polícia impede realização de evento 'Epidemia Trance' no interior de SP

Evento de música eletrônica esperava reunir 1,5 mil pessoas em chácara de Ribeirão Preto - Globonews/Reprodução
Evento de música eletrônica esperava reunir 1,5 mil pessoas em chácara de Ribeirão Preto Imagem: Globonews/Reprodução

Do UOL, em São Paulo

28/12/2020 15h52Atualizada em 29/12/2020 09h31

Um evento de música eletrônica batizado de Epidemia Trance, marcado para acontecer no último final de semana em Ribeirão Preto (SP), cidade a cerca de 350 km de São Paulo, foi impedido após ação da Polícia Militar, da Guarda Civil e de agentes da Vigilância Sanitária.

De acordo com a Globo News, a festa aconteceria entre sábado (26) e domingo (27), com ingressos a R$ 40. A expectativa era de reunir 1,5 mil pessoas — alguns deles já estavam no endereço do evento quando os policiais chegaram. Os responsáveis foram levados a uma delegacia.

Em entrevista ao canal, o promotor Wanderley Baptista da Trindade Júnior, do Ministério Público de São Paulo, classificou a festa como um "deboche" e disse que mesmo os frequentadores que compraram ingressos podem ser enquadrados em crimes.

"De fato, foi um deboche o que esses criminosos (responsáveis pelo evento) cometeram. Não dá para chamá-los de empresários de eventos culturais. O que cometeram ali foram crimes de associação criminosa e contra a saúde pública. As pessoas que participam desses eventos criminosos, mesmo como consumidores, praticam crime contra a saúde pública", analisou Trindade.

Até o dia 23 de dezembro, data do mais recente boletim epidemiológico divulgado pela Prefeitura de Ribeirão Preto, a cidade já havia registrado 38.087 casos do novo coronavírus, com 937 óbitos decorrentes da covid-19.

Coronavírus