PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

Monumento em homenagem às vítimas da covid-19 é instalado em São Paulo

Obra em homenagem às vítimas da covid-19 foi feita em metal e está no Parque do Carmo, na Zona Leste da capital - Divulgação/ Projeto Higia Mente Saudável e Avarc
Obra em homenagem às vítimas da covid-19 foi feita em metal e está no Parque do Carmo, na Zona Leste da capital Imagem: Divulgação/ Projeto Higia Mente Saudável e Avarc

Do UOL, em São Paulo

25/01/2021 13h10Atualizada em 25/01/2021 13h22

O primeiro memorial físico em homenagem às vítimas da covid-19 foi inaugurado hoje em São Paulo, data em que a cidade comemora 467 anos. Além do plantio de árvores nativas da Mata Atlântica, o espaço conta com uma escultura feita em metal, instalada no Parque do Carmo, na zona leste da cidade.

O monumento foi doado pelo MPSP (Ministério Público de São Paulo), em parceria com o Projeto Hígia Mente Saudável e simboliza um ipê branco. Dentro do globo da escultura, há uma cápsula do tempo, onde pessoas de todo o mundo poderão deixar mensagens de condolência às vítimas.

As mensagens recebidas serão codificadas e transformadas em cápsulas, que serão depositadas na base da obra. A ideia é contar a história das vítimas da covid-19 por meio de mensagens dos entes queridos.

Todas as mensagens serão lacradas na base do monumento pelo período de 100 anos para que as futuras gerações tenham uma ideia real do que está acontecendo durante a pandemia.

Até o momento, foram plantadas 3.338 mudas no Parque Natural Municipal Fazenda do Carmo e outras 3.303 no Parque do Carmo, totalizando 6.641 árvores de espécies nativas.

Cotidiano