PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

CGE encerra estado de atenção para alagamentos em São Paulo

26.fev.2021 - Chuva causa alagamento no bairro do Morumbi, em São Paulo - Reprodução/GloboNews
26.fev.2021 - Chuva causa alagamento no bairro do Morumbi, em São Paulo Imagem: Reprodução/GloboNews

Do UOL, em São Paulo

26/02/2021 12h00Atualizada em 26/02/2021 19h25

O CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas) encerrou o estado de atenção para alagamentos em São Paulo. Após a chuva pela manhã, as zonas norte, sul, oeste, sudeste, central e as marginais Pinheiros e Tietê voltaram a entrar em atenção às 16h45 e saíram às 18h42.

As áreas de instabilidade vindas do interior passaram a atuar na capital paulista com forte intensidade. Imagens do radar meteorológico do CGE mostram precipitação nos distritos de Santo Amaro, Cidade Ademar e Jabaquara na zona sul e em Perus, na zona norte.

O último balanço do Corpo de Bombeiros, divulgado às 18h44, foram registradas 27 ocorrências para quedas de árvores, nove para enchentes e dois para desabamentos, sem vítimas.

Hoje a temperatura máxima atinge os 25°C e as menores taxas de umidade do ar devem ficar em torno dos 50%.

Previsão do tempo para os próximos dias

O mês de fevereiro vai terminar com tempo instável e volumes expressivos de precipitação por conta da associação de uma frente fria sobre o oceano na altura do sudeste e a convergência de umidade oriunda da região Centro-Norte do país em direção a faixa leste dos estados do sudeste.

O sábado (27) também será marcado por pancadas de chuva moderada a forte principalmente entre a tarde e o início da noite. As temperaturas devem variar entre mínima de 19°C e a máxima não supera os 26°C com as taxas de umidade do ar entre 48% e 95%.

No domingo (28) as chuvas diminuem um pouco, mas ainda há previsão de chuvas moderadas a forte no decorrer do dia, o que poderá favorecer a formação de alagamentos. As temperaturas se mantêm estáveis com valores entre mínima de 19°C e máxima por volta dos 27°C enquanto os percentuais de umidade do ar se mantêm acima dos 42%

Cotidiano