PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Família exibe faixa em frente a UPA pedindo UTI para paciente com covid

Família de paciente, que precisava de hemodiálise, criou faixa para tentar conseguir leito de UTI com mais recursos - Reprodução/Facebook
Família de paciente, que precisava de hemodiálise, criou faixa para tentar conseguir leito de UTI com mais recursos Imagem: Reprodução/Facebook

Simone Machado

Colaboração para o UOL, em São José do Rio Preto

07/04/2021 21h40Atualizada em 07/04/2021 21h40

Uma família de São José do Rio Preto, no interior de São Paulo, apelou para uma faixa endereçada à Secretaria de Saúde para tentar conseguir uma vaga na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para o paciente Mauro César Soares, de 59 anos.

Parentes e amigos do homem ficaram por cinco horas, entre a tarde e a noite de ontem, estendendo o banner de pouco mais de dois metros de comprimento em frente à UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Jaguaré. Mauro estava há 22 dias no local, internado por complicações da covid-19.

Segundo a família, a iniciativa foi motivada pelo fracasso em tentar transferir Mauro César para uma unidade de saúde com mais recursos.

"Ontem pela manhã o médico me ligou e informou que o estado de saúde do Mauro havia se agravado e os rins estavam parando por isso ele precisaria passar por hemodiálise, mas na unidade não havia a máquina para fazer o tratamento. Foi aí que eu tive a ideia de fazer a faixa para pedir a transferência dele para outro hospital", relata Izabel Dias, ex-mulher do paciente.

Depois do apelo, que também foi publicado nas redes sociais, o paciente foi transferido na manhã de hoje para um leito de UTI no Hospital de Base, unidade referência para o tratamento da covid-19 na cidade.

"Os hospitais de campanha não têm os mesmos recursos que tem um hospital, mas graças a Deus ele foi transferido. O estado de saúde dele está grave, mas estamos confiantes de que ele vai se recuperar", acrescenta Izabel.

De acordo com a família, Mauro foi diagnosticado com covid-19 em março. Ele ficou internado por três semanas no Jaguaré, onde passou por duas intubações em menos de um mês.

Depois do apelo, a família relata que uma máquina para o tratamento de hemodiálise chegou à UPA e vai atender pacientes que estão internados no local a partir de sexta-feira (09).

A reportagem do UOL procurou a prefeitura de São José do Rio Preto, porém não obteve resposta até o fechamento dessa reportagem.

Coronavírus