PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
15 dias

Agente de saúde é demitida após vacinar parentes contra covid em Bauru (SP)

Agente de Saúde trabalhava na Unidade de Saúde da Família da Vila São Paulo, localizada em Bauru, no interior de São Paulo - Reprodução / TV TEM / Rede Globo
Agente de Saúde trabalhava na Unidade de Saúde da Família da Vila São Paulo, localizada em Bauru, no interior de São Paulo Imagem: Reprodução / TV TEM / Rede Globo

Do UOL, em São Paulo

23/04/2021 10h16Atualizada em 23/04/2021 13h08

Uma agente de saúde terceirizada da Prefeitura de Bauru, no interior de São Paulo, foi demitida ontem, após aplicar a vacina contra a covid-19 no marido, no filho, na nora e na cunhada. As informações foram confirmadas pela gestão municipal ao UOL.

O caso foi descoberto após um balanço diário da Secretaria de Saúde, que identificou que pessoas entre 24 e 44 anos haviam sido imunizadas. No momento, pessoas a partir de 64 anos estão recebendo o imunizante na cidade.

O levantamento que identificou as irregularidades serve para evitar que pessoas furem a fila da imunização contra o coronavírus em Bauru.

A administração municipal informou que a suspeita que trabalhava na Unidade de Saúde da Família da Vila São Paulo foi terceirizada pela SORRI, entidade de assistência para reabilitação e reintegração de incapacitados.

A demissão foi por justa causa e a Prefeitura de Bauru registrou um Boletim de Ocorrência. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil.

Sorri-Bauru informou ao município que segue com um rígido monitoramento dos dados, o que possibilitou a identificação da fraude e a notificação à Secretaria de Saúde. Prefeitura de Bauru

A prefeitura enfatizou ainda que segue toda a legislação vigente e que tomará as medidas legais cabíveis, como ocorreu ontem, caso identifique qualquer descumprimento das regras da vacinação.

Vacinação em Bauru

A aplicação da vacina contra a covid-19 em Bauru para idosos a partir dos 64 anos começou hoje.

As pessoas que integram essa faixa de idade poderão se vacinar entre as 8h e 12h, nas UBSs (Unidades Básicas de Saúde, USF (Unidades de Saúde da Família) e no Promai.

De acordo com dados divulgados pela prefeitura, apenas nas UBSs da Vila Falcão, Geisel e Mary Dota não haverá a aplicação dos imunizantes.

Antes de ir até uma unidade de saúde, é necessário fazer o agendamento no site da Prefeitura de Bauru. De acordo com a gestão municipal, desde a tarde de ontem os agendamentos estão liberados.

Segunda dose

A aplicação da segunda dose também continua, de segunda a sexta-feira, das 13h às 16h30, nas UBSs, USFs e no Promai, e também acontece com agendamento, que deve ser feito no site da prefeitura.

A segunda dose é voltada a idosos com 69 anos ou mais, e por enquanto, só deve fazer o agendamento e procurar a segunda dose quem já tomou a vacina Coronavac na primeira dose.

A Secretaria de Saúde recebeu 3.720 doses da vacina Coronavac ontem. O montante é voltado aos idosos com 64 anos, e foi enviado pelo estado, após repasse do Ministério da Saúde.

Cotidiano