PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

Helicóptero de André do Rap é incorporado a frota da Polícia Civil de SP

Avaliado em aproximadamente R$ 8 milhões, o helicóptero foi um dos itens apreendidos pela corporação em setembro de 2019 - Redes sociais
Avaliado em aproximadamente R$ 8 milhões, o helicóptero foi um dos itens apreendidos pela corporação em setembro de 2019 Imagem: Redes sociais

Colaboração para o UOL

14/05/2021 16h54

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), disse que o helicóptero que pertencia ao traficante André do Rap foi incorporado à frota de aeronaves da Polícia Civil paulista.

Avaliado em aproximadamente R$ 8 milhões, o helicóptero foi um dos itens apreendidos pela corporação em setembro de 2019.

Nas redes sociais, Doria afirmou que a aeronave "vai agora combater o crime organizado, ao invés de dar mordomia aos criminosos".

O narcotraficante foi preso há dois anos em uma mansão de Angra dos Reis, no litoral do Rio. Porém, o cárcere durou pouco. Em outubro de 2020 o criminoso foi solto graças a um habeas corpus concedido pelo ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Marco Aurélio Mello. Após deixar a Penitenciária de Presidente Venceslau (SP) pela porta da frente, André do Rap fugiu. No mesmo dia da soltura, o plenário da Corte revogou a decisão monocrática, mas o bandido já estava foragido.

Investigadores acreditam que depois de sair da cadeia o criminoso seguiu de carro até a cidade paranaense de Maringá e de lá usou um avião particular para ir até o Paraguai.

Até hoje, a Polícia Civil de São Paulo aguarda a perícia nos 32 aparelhos celulares encontrados em Angra dos Reis por parte da agência norte-americana de combate ao tráfico internacional de drogas, o DEA (Drug Enforcement Administration).

Cotidiano