PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

Suzane, Elize Matsunaga e Anna Jatobá deixam presídio para saída temporária

Suzane von Richthofen, condenada por matar os pais em 2002, deixa penitenciária para saída temporária de Páscoa - Reprodução/TV Vanguarda
Suzane von Richthofen, condenada por matar os pais em 2002, deixa penitenciária para saída temporária de Páscoa Imagem: Reprodução/TV Vanguarda

Colaboração para o UOL, em São Paulo

18/05/2021 15h52Atualizada em 18/05/2021 20h50

Suzane von Richthofen, Elize Matsunaga e Anna Jatobá deixaram hoje a Penitenciária Santa Maria Eufrásia Pelletier, na cidade de Tremembé (SP) para a saída temporária de Páscoa, que foi adiada por conta do agravamento da pandemia da covid-19 no país.

De acordo com a Secretaria da Administração Penitenciária (SAP), as três presas deixaram a penitenciária na manhã de hoje. A saída temporária é um benefício concedido pela justiça paulista. As três condenadas cumprem pena no regime semiaberto e têm direito à "saidinha" temporária.

Segundo imagens da TV Vanguarda, afiliada da TV Globo no Vale do Paraíba, onde fica a penitenciária, Anna Jatobá, condenada pela morte da enteada, Isabela Nardoni, em 2008, foi a primeira a deixar a prisão feminina.

Em seguida, Suzane von Richthofen, presa por envolvimento no assassinato dos pais, em 2002, deixou o local utilizando máscara. Suzane cumpre pena de 39 anos e está desde 2015 no regime semiaberto.

Por volta das 8h30, Elize Matsunaga, condenada pela morte do marido Marcos Matsunaga, em 2012, deixou a penitenciária e foi embora em um táxi. Elize obteve progressão para o regime semiaberto em 2019, quando obteve o benefício de saída temporária pela primeira vez.

Todas as presas beneficiadas com a saída devem retornar ao presídio até a próxima segunda-feira (24). Cerca de três mil presos cumprindo pena em presídios da região receberam o benefício referente à saída temporária de Páscoa.

Errata: o texto foi atualizado
Diferentemente do informado no texto e na legenda da imagem, foi a TV Vanguarda, afiliada da Globo no Vale do Paraíba, quem flagrou a saída de Suzane von Richthofen, Elize Matsunaga e Anna Jatobá da penitenciária em Tremembé (SP), e não a TV Tribuna. As informações foram corrigidas.

Cotidiano