PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
6 meses

MG: Prefeito 'homenageia' homens que se passaram por grávidas em vacinação

Gleidson Azevedo (PSC) postou vídeo de homens imitando gestantes poucos dias depois da denúncia de fraude na vacinação de Divinópolis - Reprodução/Instagram
Gleidson Azevedo (PSC) postou vídeo de homens imitando gestantes poucos dias depois da denúncia de fraude na vacinação de Divinópolis Imagem: Reprodução/Instagram

Do UOL, em São Paulo

26/05/2021 22h17Atualizada em 26/05/2021 22h17

O prefeito de Divinópolis, em Minas Gerais, usou o bom humor para comentar as tentativas de fraude na fila de vacinação da cidade, em que 17 homens foram descobertos tentando se passar por grávidas e puérperas para receber a primeira dose da vacina da Pfizer contra a covid-19.

Gleidson Azevedo (PSC) postou um vídeo em seu Instagram em que vários homens aparecem enfileirados, dentro de um box de crossfit, com bolas embaixo das camisetas, imitando barrigas de gestantes.

Você pode assistir a toda a programação do Canal UOL aqui

"Homenagem a todos os grávidos de Divinópolis", escreveu o prefeito na legenda da publicação.

O caso de fraude que gerou a piada foi divulgado neste fim de semana e levado ao Ministério Público. A Polícia Federal também foi acionada. A irregularidade foi descoberta depois que a Secretaria Municipal de Saúde identificou suspeitas de fura-filas e de pessoas que estavam entregando laudos com comorbidades "questionáveis" para se vacinar, principalmente de jovens.

Na segunda-feira (24), Azevedo disse em entrevista coletiva que a tentativa de manobra ilegal ocorreu porque o cadastro de vacinação das mulheres grávidas não exigia a indicação do gênero no ato da inscrição.

No entanto, de acordo com ele, a ilegalidade foi impedida a tempo no Centro de Saúde, que recebeu ainda cerca de 200 tentativas de fura-filas.

"A gente só conseguiu ver a fraude na triagem final mesmo, na hora que eles chegaram aqui", afirmou.

Cotidiano