PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
3 meses

Manchas de óleo voltam a aparecer no litoral da Bahia

Material passará por testes para identificar se substância é a mesma que invadiu costa do Nordeste em 2019  - Reprodução/Capitania dos Portos da Bahia
Material passará por testes para identificar se substância é a mesma que invadiu costa do Nordeste em 2019 Imagem: Reprodução/Capitania dos Portos da Bahia

Do UOL, em São Paulo

01/07/2021 21h49Atualizada em 01/07/2021 21h49

A Capitania dos Portos da Bahia identificou novas manchas de óleo na Praia de Itacimirim, a cerca de 80 km de Salvador, na última segunda-feira (28).

A seção estadual da Marinha do Brasil informou por meio de nota que uma equipe de militares da Capitania foi deslocada até o local para avaliar a área afetada e remover os resíduos, que passarão por testes para identificar qual a substância que está poluindo as águas. Em 2019, a mesma região foi atingida por um vazamento de óleo.

O comunicado enviado ao UOL explica também que, paralelamente a limpeza do mar "foi criado um grupo de trabalho entre a Marinha do Brasil e representantes do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (INEMA), Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e Prefeitura Municipal de Camaçari", para avaliar os impactos.

A Capitania informou que até o momento já foram retirados cerca de 300 kg do material, 60% dos resíduos identificados.

"O material oleoso possui consistência pastosa rígida, aparecendo somente na maré baixa, misturado à areia da praia. As ações de remoção estão sendo realizadas de maneira cuidadosa, sob supervisão de pessoal técnico do IBAMA, INEMA e ICMBio", concluiu a nota.

Para denunciar presença de óleos ou substâncias semelhantes em praias a Marinha disponibiliza o número 185, telefone para emergências Marítimas e Fluviais.

Cotidiano