PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

Casal está desaparecido desde domingo após sair para velejar em Angra (RJ)

Casal que saiu para ver o pôr do sol em uma embarcação em Angra dos Reis (RJ) e não foi mais visto; família de Cristiane Nogueira da Silva faz apelo  - Reprodução/Facebook
Casal que saiu para ver o pôr do sol em uma embarcação em Angra dos Reis (RJ) e não foi mais visto; família de Cristiane Nogueira da Silva faz apelo Imagem: Reprodução/Facebook

Do UOL, em São Paulo

25/08/2021 07h10

A família de uma mulher que está desaparecida desde domingo, em Angra dos Reis, no Rio de Janeiro, fez um apelo nas redes sociais pedindo qualquer informação que ajude a desvendar o paradeiro de Cristiane Nogueira da Silva, de 48 anos, e de Leonardo Machado de Andrade, de 50. Os dois saíram de barco às 16h30 para ver o pôr do sol e não foram mais vistos.

Em um vídeo postado ontem, Guilherme Brito conta que que a mãe viajou para Ilha Grande na sexta-feira a convite do ex-padrasto e deveria ter retornado ao Rio de Janeiro na segunda-feira. Mas, desde as 10h do domingo, a família perdeu o contato com ela. Segundo Guilherme, a mãe não é de ficar sem contato e eles estavam se comunicando todos os dias.

"A gente achou que fosse por causa do sinal, e que no dia seguinte conseguiria falar com ela. No dia seguinte o motorista veio no Piratas (marina em Angra) encontrá-la para levá-la para o Rio de Janeiro e foi aí que começamos a nos desesperar", disse ele.

Como Cristiane não apareceu no ponto combinado, a família buscou informações com o caseiro da casa do ex-padrastro de Guilherme e descobriu que Leonardo também estava desaparecido.

A família foi para Angra dos Reis e já registrou o desaparecimento do casal na polícia. "Já falamos com a Policia Civil, a Polícia Militar, o Corpo de Bombeiros, já tem dois helicópteros procurando eles, ninguém acha eles. Já passaram na Ilha Grande toda, deram duas voltas, tem helicóptero em Paraty olhando barco por barco, e ninguém acha eles", diz Guilherme.

Outra coisa que chamou atenção da família é que ninguém acha a embarcação usada pelo casal.

O Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro confirmou que a unidade de Angra dos Reis fez buscas pelo casal, mas sem sucesso. As buscas vão continuar hoje.

Cotidiano