PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

Ciclone extratropical deve gerar ventania e granizo no RS

Ciclone deve trazer possibilidade de chuva para estado gaúcho - MIGUEL NORONHA/AGÊNCIA F8/ESTADÃO CONTEÚDO
Ciclone deve trazer possibilidade de chuva para estado gaúcho Imagem: MIGUEL NORONHA/AGÊNCIA F8/ESTADÃO CONTEÚDO

Do UOL, em São Paulo

29/08/2021 18h13Atualizada em 29/08/2021 18h13

O Rio Grande do Sul inicia o mês de setembro com a formação de um ciclone extratropical na região. De acordo com a Climatempo, o fenômeno deve transformar o clima quente e seco a partir desta quinta (2) com previsão de fortes chuvas e ventos de até 50 km/h, além da origem de uma nova frente fria que deve avançar para Santa Catarina na sexta (3).

A previsão é que o ciclone, associado com a frente fria, provoque muita chuva na maior parte do estado gaúcho, especialmente no noroeste, em que os indicies estão próximos dos 100 mm de volume acumulados. Há a possibilidade de eventual granizo e muitas trovoadas na região.

O frio deve intensificar após a passagem do ciclone, derrubando os termômetros entre os dias 7 e 10 de setembro. As temperaturas mínimas para o estado variam entre 3°C e 6°C e, na região de fronteira com o Uruguai, as mínimas variam de 0°C a 3°C.

Mais chuvas no Brasil

As chuvas também devem ser sentidas no Sudeste do país. Em Minas Gerais, precipitações poderão já ser sentidas no centro-sul do estado, incluindo o Triângulo Mineiro, Zona da Mata e a capital Belo Horizonte, aliviando o tempo seco sentido na última semana.

A partir de terça (31), a chuva deve se espalhar em todo o estado e estão previstos alguns temporais na região, especialmente na Zona da Mata. Pancadas de chuva com trovoadas também deverão ser sentidas no estado e as temperaturas devem cair de forma gradual nos próximos dias.

Já no sul do Espírito Santo, incluindo Vitória, Vila Velha, região de Alegre, Cachoeira de Itapemirim, Anchieta e áreas próximas ao Parque Nacional do Caparaó devem enfrentar chuva forte a partir de amanhã, especialmente na terça-feira (31). Ventos de magnitude de 50km/h também devem afetar o estado com temporais e trovoadas. Ao norte, que vem sofrendo com o tempo seco, deve prosseguir com a estiagem.

São Paulo sofreu com uma derrubada na temperatura este sábado (28) e a previsão é que o tempo permaneça estabilizado nos próximos dias. Na capital, o sol volta a aparecer entre nuvens na quarta (1) e a máxima pode subir para 25º C. No Rio de Janeiro o sol deve aparecer entre as nuvens e as mínimas são de 18º C para esta semana, segundo o InMet (Instituto Nacional de Meteorologia).

Cotidiano