PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Grupo Cosan e XV de Piracicaba lamentam morte de empresário após avião cair

Do UOL, em São Paulo

14/09/2021 11h56

O grupo Cosan lamentou a morte do agropecuarista empresário Celso Silveira de Mello Filho na queda de um avião hoje, em Piracicaba (SP). Além dele, a mulher, os três filhos e os dois tripulantes da aeronave também morreram. O clube de futebol XV de Piracicaba, que no passado teve Celso como presidente, também prestou solidariedade.

"Com enorme pesar, a Cosan informa que o empresário Celso Silveira Mello Filho estava com a família na aeronave King Air 360 que caiu hoje, às 10h, em Piracicaba, causando a morte de todos os ocupantes. Celso era acionista e irmão do presidente do Conselho de Administração da companhia, Rubens Ometto Silveira Mello. Também estavam no avião a esposa de Celso, Maria Luiza Meneghel, seus três filhos, Celso, Fernando e Camila, o piloto Celso Elias Carloni e o copiloto Giovani Gulo", disse o grupo em nota.

Natural de Piracicaba, Celso recebeu em 2016 o título de "Piracicabanus Praeclarus", concedido pela Câmara aos nascidos na cidade que se destacam na sociedade.

A Cosan tem negócios nas áreas de açúcar, álcool, energia, lubrificantes, e logística. Filho de Celso Silveira Mello e Isaltina Ometto Silveira Mello, Mello Filho nasceu em 27 de janeiro de 1948. É economista graduado em 1974 pela Faculdade de Ciências Econômicas, Contábeis e Administração de Empresas, atual Unimep (Universidade Metodista de Piracicaba).

O clube de futebol usou o Twitter para lamentar a tragédia: "O XV de Piracicaba lamenta profundamente o falecimento de Celso Silveira Mello Filho, sua esposa, filhos e demais tripulantes vítimas da queda da aeronave em que estavam presentes nesta terça-feira (14)".

Cotidiano