PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Pastor suspeito de estuprar ao menos 6 crianças é preso em GO

Polícia suspeita que pastor possa ter feito mais vítimas - Divulgação/Polícia Civil
Polícia suspeita que pastor possa ter feito mais vítimas Imagem: Divulgação/Polícia Civil

Do UOL, em São Paulo

14/09/2021 12h18Atualizada em 14/09/2021 14h35

O pastor Willian de Souza Adriel, 53 anos, foi preso hoje em sua residência em Itaberaí, no interior de Goiás. Ele é suspeito de estuprar ao menos seis crianças. O mandado de prisão cautelar foi expedido após as investigações da Polícia Civil apontarem que ele teria praticado diversos crimes sexuais contra menores na primeira década dos anos 2000.

Segundo a polícia, a suspeita é de que o pastor se valia da sua posição dentro da instituição religiosa na cidade para ganhar a confiança das famílias e se aproximar das vítimas. Até agora, seis crianças, que tinham menos de 10 anos na época dos crimes, foram identificadas como vítimas do líder religioso.

A Polícia Civil ainda apura outras denúncias e informa que outras eventuais vítimas compareçam na Delegacia de Polícia para as providências legais e cabíveis. O pastor foi interrogado na Delegacia e ficará à disposição da Justiça na Unidade Prisional de Itaberaí. Ele deve responder pelo crime de estupro de vulnerável, cuja pena é de reclusão, de 8 a 15 anos.

O UOL não localizou a defesa do pastor até a publicação desta reportagem.

Cotidiano