PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

Foi o Hulk? Celular salva homem de levar tiro durante assalto em PE

Celular bloqueou a bala e salvou dono do aparelho de se ferir gravemente - Reprodução/Twitter
Celular bloqueou a bala e salvou dono do aparelho de se ferir gravemente Imagem: Reprodução/Twitter

Aliny Gama

Colaboração para o UOL, em Maceió

08/10/2021 12h51Atualizada em 08/10/2021 13h26

Um telefone celular livrou um homem de ser atingido por um tiro, durante um assalto ocorrido ontem em Petrolina (PE). O médico que fez o atendimento da vítima na emergência do HU (Hospital Universitário) da Universidade Federal do Vale do São Francisco publicou fotos do aparelho no Twitter, gerando espanto na rede social.

Segundo o HU, o paciente sofreu escoriações leves, recebeu atendimento médico e teve alta logo em seguida. O nome dele não foi informado, e o celular se encontrava no bolso de sua calça.

O hospital informou que foi informado pelo SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) que estava a caminho da unidade hospitalar com uma vítima de assalto que havia levado um tiro. A equipe se preparou para receber o paciente em estado grave, mas, ao ser examinado no hospital, o homem chegou consciente e sem nenhum sangramento, apenas com um hematoma no local onde o telefone estava guardado.

Após examinar o paciente, a equipe médica encontrou o aparelho na roupa dele, que reteve a bala.

"O paciente que foi admitido na emergência, após ter sido baleado num assalto e a bala parou no celular!!! Detalhe para a capinha do celular", atentou o médico Pedro Carvalho, plantonista do HU. A publicação tem cinco mil curtidas, 640 compartilhamentos e uma centena de comentários.

O aparelho é da marca Motorola e estava com película e uma capinha do personagem Hulk, da Marvel. A película ficou quebrada e o aparelho segurou o projétil de arma de fogo, livrando a vítima do tiro. A capinha ficou intacta.

"Muita gente me perguntando sobre o paciente. Ele teve um pequeno hematoma no local e já está de alta para casa", explicou o médico, que ainda brincou: "Motorola Brasil, parece que rolou uma publi [publicidade] involuntária aqui. Bora repor o celular do paciente."

Em seguida, o perfil da Motorola Brasil respondeu perguntando o que houve. "Oi, Pedro! O que aconteceu com o seu (sic) Moto? Vem conversar comigo por DM, quero entender melhor o seu caso", disse a empresa.

Investigação

A Polícia Militar informou que a tentativa de assalto ocorreu na tarde de ontem (7), na zona rural de Petrolina. Policiais militares do 5º Batalhão foram acionados, mas os suspeitos já haviam fugido quando a equipe chegou ao local.

A polícia disse que realizou diligências na região, mas até agora nenhum suspeito foi identificado e preso. A PM confirmou que a vítima foi atingida na região do quadril.

Cotidiano