PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

PMs perseguem homens em fuga até topo de morro do RJ; 2 suspeitos morreram

Perseguição em área de difícil acesso na comunidade Faz Quem Quer (RJ) foi registrada ao vivo - Reprodução/TV Globo
Perseguição em área de difícil acesso na comunidade Faz Quem Quer (RJ) foi registrada ao vivo Imagem: Reprodução/TV Globo

Do UOL, em São Paulo

21/10/2021 12h28Atualizada em 21/10/2021 12h28

Policiais e suspeitos protagonizaram uma perseguição transmitida ao vivo na manhã de hoje, em uma área de difícil acesso da comunidade Faz Quem Quer, em Rocha Miranda, na cidade do Rio de Janeiro. Dois suspeitos morreram na ação.

Os homens fugiram durante a presença do 9º BPM (Rocha Miranda) na região, segundo a PM (Polícia Militar). Os agentes estavam em operação para coibir roubos de cargas e desobstruir vias nas comunidades de Faz Quem Quer, Congonha e Cajueiro, segundo nota da corporação ao UOL.

A movimentação foi flagrada pelo Globocop, helicóptero da TV Globo, durante a exibição do "Bom dia RJ". O cinegrafista a bordo da aeronave filmou os suspeitos correndo até o alto do morro e se escondendo atrás de pedras e entre árvores mais altas. Outros homens foram seguidos de perto pelos PMs nas áreas descampadas.

As câmeras da emissora também registraram disparos vindos dos policiais. A corporação admitiu os tiros, apesar de alegar que os agentes também foram alvejados, e detalhou que cinco dos suspeitos foram atingidos. Dois deles morreram.

Aeronaves do Grupamento Aeromóvel da Polícia Militar foram deslocadas para prestar socorro aos outros feridos, já que a área do topo do morro é considerada de difícil acesso.

"Eles foram levados para um campo de futebol na Rua Conselheiro Galvão, em Madureira, onde uma equipe do Grupamento Especial de Salvamento e Ação de Resgate (GESAR) aguarda para dar prosseguimento ao socorro", concluiu a nota.

Ainda segundo a corporação, que não deu nenhum detalhe sobre a identidade dos suspeitos, foram recolhidos uma espingarda calibre 12, três pistolas, um revólver, três granadas, dois rádios transmissores e "farto material entorpecente", que ainda não passou por pesagem.

Cotidiano