PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

Turistas desembarcam de ônibus e ignoram pessoa em situação de rua no RJ

Cena foi gravada na Praça São Judas Tadeu, próximo à Estação de Trem do Corcovado, cartão postal da cidade - Reprodução/Instagram @vivacosmevelho
Cena foi gravada na Praça São Judas Tadeu, próximo à Estação de Trem do Corcovado, cartão postal da cidade Imagem: Reprodução/Instagram @vivacosmevelho

Do UOL, em São Paulo

03/12/2021 13h30Atualizada em 03/12/2021 17h12

A chegada de turistas para embarcar na Estação de Trem do Corcovado, localizado no bairro Cosme Velho, no Rio de Janeiro, chamou atenção na manhã de hoje. Imagens divulgadas pela Associação de Moradores e Amigos Viva Cosme Velho mostram a descida dos passageiros na Praça Judas Tadeu ignorando a presença de uma pessoa em situação de rua deitada na calçada, aparentemente imóvel.

"Turismo da miséria. Porta de entrada do turista no Brasil. Não poderíamos ter uma imagem mais real do Brasil atual, Rio de Janeiro em particular, turismo e miséria. Imagens tiradas hoje, sexta-feira, 3 de dezembro de 2021. Praça São Judas Tadeu, Cosme Velho. Estação do Trem do Corcovado", diz a publicação.

Nas imagens, há a presença de um homem vestido com um uniforme no local, bem como um ambulante com uma placa escrito "Rio 2021".

Nos comentários, diversos usuários criticaram a cena. "Que sociedade é está que assiste impassível ao homem caído?", escreveu uma seguidora. "Dramaticamente verdadeiro. Uma imagem recorrente na zona sul", escreveu outro.

"Infelizmente esta é a realidade deste Brasil desgovernado", acrescento um terceiro.

O UOL entrou em contato com a Prefeitura do Rio de Janeiro, que confirmou a ocorrência nesta manhã. Em nota, a prefeitura afirmou que o homem uniformizado na cena é um guarda municipal do GAT (Grupamento de Apoio ao Turista), que estava atuando no patrulhamento da Praça São Judas Tadeu.

"O guarda avistou o cidadão em situação de rua, depois se aproximou, tentou acordá-lo e o abordou para oferecer acolhimento, mas o homem recusou e se retirou do local", diz comunicado.

Cotidiano