PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

Homem negro é algemado a moto da PM em movimento em SP; veja

Do UOL, em São Paulo

30/11/2021 23h03Atualizada em 01/12/2021 09h50

Um vídeo registrado na tarde desta terça-feira (30) flagrou um homem correndo atrás de uma moto da Polícia Militar de São Paulo, algemado ao veículo. Nas imagens, gravadas na avenida Professor Luiz Ignácio Anhaia Mello, na zona leste da capital paulista, é possível ver que o piloto da motocicleta chega a acelerar enquanto um rapaz negro se esforça para acompanhá-la. A PM informou que afastou um policial após ter ciência do fato.

Na gravação, é possível ouvir que pessoas por trás da câmera dão risada e uma delas debocha da situação: "Olha, algemou e está andando igual a um escravo. Vai roubar mais agora?", questiona.

Guilherme Boulos (Psol), candidato derrotado à Prefeitura de São Paulo em 2020, foi um dos que repercutiu a cena de abuso, que definiu como "tortura a sangue frio".

Brasil, mais de 300 anos de escravidão... Tortura a sangue frio praticada por um PM de SP. Inaceitável!
Guilherme Boulos, político e professor

Atenção! Cenas fortes a seguir:

Procurada pelo UOL, a Polícia Militar afirmou que "imediatamente após tomar ciência das imagens, determinou a instauração de um inquérito policial militar" para apurar a conduta do policial, que não teve a identidade revelada. Ele foi afastado do serviço operacional durante a investigação.

"A Polícia Militar repudia tal ato e reafirma o seu compromisso de proteger as pessoas, combater o crime e respeitar as leis, sendo implacável contra pontuais desvios de conduta", concluiu nota da corporação, que não comentou a situação do homem que aparece nas imagens gravadas. Até o momento, não há informações sobre sua identidade ou de crimes que possa ter cometido.

Errata: o texto foi atualizado
Guilherme Boulos foi candidato à Prefeitura de São Paulo, em 2020, e à Presidência da República, em 2018, mas nunca ao governo de São Paulo. A informação foi corrigida

Cotidiano