PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Sucuri 'sem fim' é filmada entrando em rio de Bonito (MS); assista

Do UOL, em São Paulo

14/01/2022 21h15Atualizada em 15/01/2022 13h04

Daniel De Granville fazia uma expedição para avistar sucuris em Bonito (MS) quando conseguiu filmar uma das cobras gigantes se desenrolando para entrar em um rio da região.

O fotógrafo, que há anos faz a mesma viagem, conta que as imagens, compartilhadas hoje em seu perfil no Instagram, foram filmadas em agosto de 2021. Não existem dados oficiais sobre o comprimento ou peso do réptil, já que o objetivo do projeto desenvolvido por Granville é apenas fazer imagens dos animais, mas o vídeo deixa claro a grandiosidade do espécime.

"A cobra sem fim - uma gigante graciosa", elogiou o fotógrafo na legenda da publicação.

"Há vários anos eu ofereço expedições especialmente para fotógrafos subaquáticos e cinegrafistas estrangeiros que querem fazer imagens de sucuris dentro e fora d'água. Essa condição de conseguir fazer imagens de sucuri em água cristalina, só se consegue em Bonito, é o único lugar do mundo", detalhou Daniel ao UOL, explicando também o processo dos viajantes para conseguir visualizar os animais, mantendo o respeito por seu espaço.

"A gente costuma sair de barco, para procurar sucuris tomando sol no barranco do rio. E foi assim que nós chegamos a um barranco com um mato meio amassado, a gente já estava desconfiado de que tinha uma sucuri por lá, e eu fui caminhando pra procurar com toda cautela. A gente não manuseia os bichos, não captura os bichos, é só uma coisa de contemplação e captação de imagens", destaca.

O fotógrafo conta que "deu de cara" com a sucuri registrada no vídeo pouco após se aproximar do local com vegetação remexida. Aproveitando que estava com uma câmera na mão, ele registrou as imagens dela se movimentando para a água, que fizeram sucesso na internet.

Daniel explicou que encontros do tipo são ainda mais raros por depender das temporadas vividas pelas cobras. Após seu período de acasalamento, na temporada de inverno, as sucuris de Bonito se recolhem para viver suas gestações.

"Os nossos encontros com as sucuris na região de Bonito geralmente ocorrem a partir de junho até final de setembro, mais ou menos, que é a época em que elas se expõem mais, vai entrando no nosso inverno e na época de reprodução delas. Agora nessa época do ano, por exemplo, depois de acasalar, as sucuris dão uma sumida, no período de gestação que dura uns seis, sete meses. Então se vê muito pouco, praticamente não se encontra", concluiu.

Cotidiano