PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

Suspeito de tráfico usa os filhos como escudo humano na Bahia, diz PM

Objetos apreendidos com os suspeitos pela PM da Bahia - Divulgação
Objetos apreendidos com os suspeitos pela PM da Bahia Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

15/05/2022 11h16

Um homem usou os próprios filhos como escudo humano ao ser abordado com outros dois suspeitos na sexta-feira (13) pela Polícia Militar de Juazeiro, a 507 km de Salvador. Suspeitos de traficarem drogas, os três são acusados de tentar matar duas mulheres.

De acordo com a Rondesp (Companhia Independente de Policiamento Tático) Norte, a polícia foi chamada depois de três homens atirarem em duas mulheres, uma delas em estado grave. Os disparos teriam ocorrido no bairro Alto da Aliança enquanto o trio trafegava a bordo de um veículo Corsa.

"Os policiais chegaram ao local e depararam-se com os acusados, os quais efetuaram disparos contra os policiais e empreenderam fuga em alta velocidade", diz nota da Rondesp.

Ao alcançar o carro e sendo dada ordem de parada para início da abordagem, os indivíduos desembarcaram com três crianças, todas filhas de um deles, as quais foram utilizadas como escudo."
PM da Bahia, em nota

Após o período de negociação, os homens se renderam. Foram apreendidos uma pistola calibre .40 com um carregador e cinco munições intactas do mesmo calibre; duas armas brancas; sete invólucros "com substância análoga à maconha"; uma balança de precisão e aparelhos celulares.

"Um dos indivíduos, que usava tornozeleira eletrônica, tem passagens por posse irregular de arma de fogo, tráfico de drogas, associação para o tráfico e furto qualificado", afirma a PM.

Cotidiano