PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

ES: homem mascarado e com uma espada ameaça as pessoas na rua; veja vídeo

Vinícius Rangel

Colaboração para o UOL, em Vitória

25/06/2022 13h37Atualizada em 25/06/2022 13h37

Moradores de Cachoeiro de Itapemirim (ES) estão assustados com vídeos de um homem mascarado portando um objeto que pode ser uma espada ou uma faca, se deslocando pelas ruas da cidade. Nas imagens, é possível ver o homem ameaçando as pessoas durante a noite.

As gravações começaram a circular na internet na tarde de ontem e geraram pânico em que mora nas regiões filmadas pelo próprio autor. A câmera estaria dentro de um carro. Em um dos vídeos ele chega a ameaçar um homem. "Eu vou te dar uma pranchada na cara. Se você correr eu vou atirar (risos)", disse o mascarado.

A Polícia Militar informou, em nota, que tomou conhecimento das imagens, porém não há nenhuma denúncia acerca do fato. De qualquer forma, o ocorrido está sendo apurado, diz a PM, que fez a ressalva: "Vale destacar que não é possível confirmar a data em que o material foi gravado".

Na outra imagem, o homem ofende uma mulher que corre desesperada. Ele desce do veículo e vai atrás dela com a espada. Depois segue em direção a um rapaz de bicicleta, antes de voltar para o carro.

"A gente fica com medo de saber que existe um doido armado com espada na rua. Dizem que era 1h da manhã, muita gente está voltando do trabalho à noite. É um perigo alguém passar na frente e ele fazer alguma coisa", disse Wilson Ribeiro, em entrevista ao UOL. Ele é porteiro num condomínio de luxo, no bairro Gilberto Machado, por onde o mascarado teria passado.

Assim como a PM, a Polícia Civil disse que não há registro dos fatos na Delegacia de Infrações Penais e Outras (Dipo) de Cachoeiro. A corporação orienta que as vítimas que se sentirem ameaçadas devem registrar ocorrência de forma presencial ou online.

"Cabe destacar que a inteligência da Polícia Civil monitora as atividades criminosas em todos os ambientes e realiza trabalho investigativo contra o tráfico de drogas em todo o Estado. O 190 deve ser acionado em caso de crime em andamento", informou o órgão, em nota enviada ao UOL.

Cotidiano