PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Menino tem 55% do corpo queimado após bateria de carro explodir em Goiás

Segundo familiares, menino estava sentado no banco de trás do carro quando bateria explodiu - Redes Sociais/Reprodução
Segundo familiares, menino estava sentado no banco de trás do carro quando bateria explodiu Imagem: Redes Sociais/Reprodução

Do UOL, em São Paulo

05/08/2022 18h45Atualizada em 05/08/2022 20h52

Um menino de cinco anos e o pai dele, de 25, ficaram feridos após uma bateria do carro no qual eles estavam explodir em um posto de gasolina no município de Jataí (GO).

O caso foi registrado na noite da quarta-feira (3), quando o pai da criança, Douglas Pamplona, parou o veículo com o menino, Guilherme Santos Pamplona, para abastecer.

"A bateria do som do carro, que estava atrás, estourou, aparentemente após um curto circuito. O menino pequeno estava no banco de trás e por isso se queimou mais", disse um tio de Douglas, Batista Pamplona, em entrevista ao UOL.

Segundo ele, os dois passaram por um processo de raspagem hoje e ainda não têm previsão de alta. Eles estão internados no Hugol (Hospital Estadual de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira), em Goiânia.

Guilherme teve 55% do corpo atingido pelo fogo, com queimaduras de segundo grau. Segundo o Hugol, ele está internado na UTI do hospital, mas respira sem ajuda de aparelhos.

O estado de saúde do pai da criança é considerado "regular" pelo hospital. Segundo o Hugol, o homem está consciente e respirando espontaneamente.

A família do menino criou uma vaquinha virtual para arrecadar dinheiro e pagar a estadia da mãe da criança na capital de Goiás. A meta inicial de arrecadação era R$ 5 mil, mas na tarde de hoje mais de R$ 5,6 mil já tinham sido doados.

Cotidiano