Topo

Conteúdo publicado há
15 dias

Entregadora agredida por ex-atleta tem vaquinha para comprar casa

A entregadora Viviane Souza, assim como Max Ângelo Santos, foi agredida pela ex-atleta Sandra Mathias Correia de Sá  - Divulgação
A entregadora Viviane Souza, assim como Max Ângelo Santos, foi agredida pela ex-atleta Sandra Mathias Correia de Sá Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

19/04/2023 15h02Atualizada em 19/04/2023 15h32

A entregadora Viviane Souza, 38, uma das agredidas na Zona Sul do Rio por uma ex-atleta, ganhou uma vaquinha virtual para ajudá-la.

O que aconteceu:

A vaquinha pode ser acessada aqui e tem a meta de R$ 150 mil. Até a última atualização, cerca de R$ 8,5 mil tinham sido arrecadados.

Segundo a página, o dinheiro será usado para "ajudá-la a reconstruir sua vida" e comprar uma casa. O texto ainda diz que Viviane está sem trabalho e local para morar.

"Assim como Max, Viviane também precisa de nossa ajuda", fala a página, em referência ao entregador Max Ângelo dos Santos. Ambos foram agredidos pela ex-atleta de vôlei e nutricionista Sandra Mathias Correia de Sá no dia 9 de abril.

Imagens mostram a nutricionista batendo e xingando entregadores, que estavam na calçada da loja em que trabalham. Após puxar a camisa e dar socos em Max, Sandra pegou a guia da coleira do cachorro e deu uma chicotada nas costas dele.

Na segunda-feira (17), Sandra depôs por cerca de três horas e se disse ameaçada pelos entregadores a quem agrediu.

Sandra afirmou em depoimento que a confusão começou dias antes. Em 4 de abril, na versão dela, houve uma discussão com a entregadora Viviane, que aparece nas imagens do dia 9 de abril sendo mordida pela ex-atleta.

Viviane e uma testemunha, que não teve o nome divulgado, também já depuseram sobre o caso.