Apagão em SP: Enel vai avaliar indenização caso a caso, diz diretor

O diretor de mercado da Enel SP, André Oswaldo Santos, afirmou em entrevista ao UOL News desta segunda-feira (6) que a empresa irá avaliar caso a caso os pedidos de indenização dos consumidores afetados pela falta de energia em São Paulo. Segundo a Enel, 2,1 milhões de clientes ficaram sem energia por conta da chuva na última sexta-feira.

A gente tem um processo de ressarcimento, de pedido de indenização no qual os clientes podem nos acessar através dos nossos canais de atendimento, canais digitais, aplicativos, site, ou nas nossas lojas presenciais. Eles podem fazer esse pedido e vamos avaliar caso a caso.

Segundo o diretor da Enel, cerca de 350 mil consumidores ainda não tiveram a energia reestabelecida em São Paulo ou cidades da região metropolitana.

Estamos solidários com todas essas pessoas e, por isso, temos colocado muita gente para trabalhar na rua, hoje temos mais ou menos 2 mil pessoas em campo para reestabelecer todos esses clientes. Estamos trabalhando 24 horas por dia, sem parar, para conseguir zerar.

André Oswaldo Santos também foi questionado pelo colunista do UOL Leonardo Sakamoto a respeito da manutenção e poda das árvores na cidade. Segundo Santos, no ano passado foram realizadas cerca de 350 mil podas, próximo ao número deste ano.

Nesse ano a gente já fez próximo de 300 mil podas. Importante dizer que a gente faz poda quando tem o toque da árvore na nossa rede. A poda tem que ser demandada pela prefeitura, e a gente tem feito muitas podas por demanda das prefeituras.

***

O UOL News vai ao ar de segunda a sexta-feira em duas edições: às 10h com apresentação de Fabíola Cidral e às 17h com Diego Sarza. O programa é sempre ao vivo.

Veja a íntegra do programa:

Continua após a publicidade

Quando: de segunda a sexta, às 10h e 17h.

Onde assistir: Ao vivo na home UOL, UOL no YouTube e Facebook do UOL.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes