Conteúdo publicado há 3 meses

Polícia apreende mais de mil celulares roubados no centro de São Paulo

A Polícia Civil de São Paulo apreendeu mais de mil celulares roubados no centro da capital na manhã de hoje. Dois suspeitos foram presos.

O que aconteceu

15 mandados de busca e apreensão foram cumpridos por 50 policiais na rua Guaianases, no largo do Arouche e na Avenida da Liberdade. A ação mira a quadrilha responsável pelo comércio de aparelhos roubados e furtados, que geralmente são enviados para fora do país, aponta a investigação. A operação é intitulada de "Off Line 2"

Dois homens foram presos até agora e dezenas de aparelhos de origem ilícita foram apreendidos, além de notebooks e tablets. O balanço sobre a quantidade de eletroeletrônicos recuperados ainda não foi divulgado, mas a polícia confirmou que são mais de mil celulares além de uma máquina que desbloqueia os aparelhos

Bairros com mais roubos de celular são da região central

República, Consolação e Bela Vista puxam o ranking dos locais da cidade de São Paulo com mais roubos ou furtos de celular, segundo os boletins de ocorrência do 1º semestre de 2023.

Um em cada dez celulares roubados ou furtados é registrado nesses bairros da região central de São Paulo, que registram grande fluxo de pessoas.

  1. República - 4,6% do total (4.858) - mesma posição e mesma porcentagem
  2. Consolação - 3,83% (4.044) - mesma posição, mas com 3,25%
  3. Bela Vista - 3,25% (3.427) - mesma posição, mas com 2,99%
  4. Pinheiros - 2,85% (3.006) - estava em 5º com 2,37%
  5. - 2,65% (2.799) - estava em 4º com 2,48%
  6. Brás - 2,49% (2.624) - mesma posição, mas com 2,14%
  7. Bom Retiro - 2,30% (2.427) - mesma posição, mas com 1,93%
  8. Vila Mariana - 2,15% (2.266) - estava em 10º com 1,73%
  9. Itaim Bibi - 2,13% (2.247) - estava em 14º com 1,53%
  10. Santo Amaro - 1,96% (2.072) - estava em 16º com 1,31%

*1º semestre de 2022 x 1º semestre de 2023

Continua após a publicidade

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes