Conteúdo publicado há 3 meses
OpiniãoCotidiano

Sakamoto: Tarcísio alimenta greves futuras ao falar em punição a grevistas

Ao falar em punir grevistas, o governador de São Paulo Tarcísio de Freitas (Republicanos) dá motivos para novas paralisações. A avaliação é do colunista Leonardo Sakamoto, em participação no UOL News desta terça (28).

Cabe aos dois lados, após esta paralisação, abaixar as armas e ir para o diálogo. Anunciar que haverá punição a grevistas durante uma greve é pedir para continuar havendo paralisações no futuro. O pessoal sairá em defesa dos seus colegas e veem nisso a defesa do seu próprio emprego. Essa declaração do Tarcísio alimenta ainda mais a insatisfação entre os grevistas e está grávida de outras paralisações. Leonardo Sakamoto, colunista do UOL

Trabalhadores do Metrô, CPTM, Sabesp e de outros órgãos estaduais realizam uma greve nesta terça, em protesto contra privatizações e terceirizações propostas pelo governo estadual. O sistema de transporte sobre trilhos na região metropolitana de São Paulo opera parcialmente nesta manhã.

Sakamoto criticou a postura de Tarcísio, que sinalizou punir os grevistas e disse que a paralisação não impedirá o governo de continuar o plano de privatizações. O colunista lembrou que o governador respondeu de forma parecida em outubro, durante a última paralisação, gerando uma indignação ainda maior dos participantes do protesto.

Após a primeira paralisação em outubro, houve uma reclamação por parte dos sindicatos de que haveria uma perseguição a pessoas que participaram da greve, o que é ilegal. Eles denunciaram e houve até um ensaio de uma nova paralisação para evitar esta punição individualizada. Ao que tudo indica, Tarcísio fará a mesma coisa. Leonardo Sakamoto, colunista do UOL

Sakamoto: Dino não poderá ser 'Vingador' em sabatina, mas vai passar fácil

Também no UOL News, Sakamoto avaliou que a indicação de Flávio Dino ao STF deve ser aprovada "com facilidade" na sabatina do Senado, marcada para 13 de dezembro. O colunista disse, porém, que não se espera uma postura tão incisiva e provocativa do atual ministro da Justiça —como vista em outras ocasiões— quando ele responder às perguntas de parlamentares bolsonaristas.

Passará fácil, sem problemas. É claro que ele passará um calorzinho lá e não poderá vestir a fantasia de 'Dino Vingador', como já fez, mas também não levará desaforo para casa. Responderá a tudo de uma maneira tranquila. A oposição bolsonarista no Senado não terá o que fazer.

Continua após a publicidade

Dino é uma pessoa com diálogo muito bom com partidos do centro e com diversas denominações políticas. É detestado pelo bolsonarismo raiz, que é minoria no Senado. Ele não terá grandes problemas. Temas quentes virão, como a visita da esposa de um líder do Comando Vermelho ao ministério da Justiça, o 8/1 e a morte do preso na Papuda. Dino é bom em comunicação e tem conteúdo, inclusive jurídico. Leonardo Sakamoto, colunista do UOL

O UOL News vai ao ar de segunda a sexta-feira em duas edições: às 10h com apresentação de Fabíola Cidral e às 17h com Diego Sarza. O programa é sempre ao vivo.

Veja a íntegra do programa:

Quando: De segunda a sexta, às 10h e 17h.

Onde assistir: Ao vivo na home UOL, UOL no YouTube e Facebook do UOL.

Opinião

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes

As mais lidas agora