Conteúdo publicado há 3 meses

BA: Apontado como membro de facção que matou policial é morto pela polícia

Um homem de 25 anos apontado como líder de uma facção criminosa foi morto pela polícia da Bahia hoje.

O que aconteceu

Pablio Henrique Barbosa Almeida morreu em Camaçari. Ele foi baleado quando atirou contra policiais durante mandado de busca e apreensão em um condomínio, segundo a polícia. Nenhum policial foi baleado. Um revólver, munições e celulares foram apreendidos na operação.

Ele era considerado líder de uma organização criminosa que atuava no bairro Valéria.

Pablio é apontado como um dos criminosos que atirou contra equipes da polícia durante operação que deixou um policial federal morto em setembro. A informação é da secretaria de Segurança Pública da Bahia.

Ele tinha mandados de prisão abertos contra ele, segundo a SSP. Nas redes sociais, o jovem ostentava fotos com um fuzil e uma submetralhadora.

O UOL tentou contato com advogados que representaram Pablio em outros processos no qual ele foi réu, mas não recebeu retorno sobre o assunto até o momento.

Somente em setembro, 72 pessoas morreram e outras 13 ficaram feridas em operações policiais na Bahia. O dado é da plataforma Fogo Cruzado.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes