Conteúdo publicado há 2 meses

Morre homem que teve o corpo queimado por mulher em comércio no RJ

O homem que teve o corpo queimado por uma mulher que jogou álcool e ateou fogo nele em um comércio no Rio de Janeiro não resistiu aos ferimentos e morreu na madrugada de hoje (8).

O que se sabe

O homem, identificado pelo Corpo de Bombeiros como André Luiz de Amorim Chapeta, 50, estava internado desde segunda-feira (4) no hospital Getúlio Vargas, na Penha Circular.

Imagens de uma câmera de monitoramento mostram o momento em que a mulher, identificada pela polícia como Ana Maria Paixão, companheira de Chapeta, joga álcool e ateia fogo nele.

O homem era empresário e possuía uma peixaria e petiscaria, chamada Casal do Peixe, no bairro Jardim América, que tocava em parceria com a companheira. As cenas gravadas em vídeo ocorreram nas dependências do estabelecimento.

A morte de Chapeta foi confirmada há pouco pela Secretaria Estadual de Saúde. O UOL entrou em contato com a Polícia Civil, para obter mais informações sobre o caso, mas até o momento o órgão não havia respondido aos questionamentos.

O UOL também contatou Ana Maria. Segundo informações de familiares, ela estaria reunida hoje com sua advogada. O espaço permanece aberto para a manifestação da defesa.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes