Brennand: ouça todos os episódios do podcast de UOL Prime

Mais de 6.000 páginas de documentos e 10 horas de áudios inéditos, com detalhes dos crimes dos quais o empresário Thiago Brennand é acusado, dão base ao podcast "Brennand", lançado pelo UOL Prime. A série é narrada pelo repórter do UOL Mateus Araújo, que investiga a história com a repórter Juliana Sayuri. Ouça todos os episódios abaixo, no YouTube de UOL Prime ou em uma plataforma de podcast.

Thiago Brennand ficou conhecido nacionalmente em agosto de 2022, após agredir uma modelo numa academia de luxo em São Paulo. Nos dias seguintes, uma série de outras acusações contra ele surgiram, incluindo depoimentos de estupro e cárcere privado.

A seguir, leia um resumo e as principais frases de cada episódio:

Episódio 1 - A força de um sobrenome

A história é ilustrada com relatos de K., uma produtora pernambucana radicada nos EUA que conheceu Brennand pelo Instagram em julho de 2021. No mês seguinte, ela viajou a São Paulo com passagens compradas pelo empresário, para encontrá-lo pessoalmente.

Durante os dias em que estiveram juntos, K. afirma ter sido agredida, estuprada e mantida em cárcere privado por Brennand.

K.: "Se ele saía do quarto, pra sala, ele vai armado. Ele vai no banheiro ele leva a arma. E todas as vezes que ele ia no banheiro, ele chamava a funcionária dele pra estar presente no banheiro com ele. Eu nunca vi algo tão bizarro em minha vida."

K.: "E veio o meu primeiro tapa na cara. Aí veio o segundo. E ali foram tapas sucessivamente, um atrás do outro, e eu já não sabia mais o que fazer, não sabia nem por que que estava apanhando."

Continua após a publicidade

Episódio 2 - O que acontece em Porto Feliz fica em Porto Feliz

O repórter Mateus Araújo vai até o condomínio Fazenda Boa Vista, em Porto Feliz (SP), onde o empresário pernambucano Thiago Brennand morava.

Segundo relatos de vítimas e testemunhas, era ali que ele se mostrava violento com funcionários, visitantes e outros moradores.

K.: "Daí ele falou: você vai tatuar agora. Você vai tirar isso aí e você agora vai tatuar a minha marca, você agora é propriedade minha."

C.: "Ele falava que ele tem bastante arma, bastante arma sem registro, sem número serial. Quando ele quer finalizar as pessoas na lista negra dele, ele não vai ser descoberto."

Continua após a publicidade

Episódio 3 - A tal biografia

Duas das famílias mais ricas de Pernambuco tiveram seus sobrenomes expostos desde agosto de 2022, quando Thiago Brennand foi flagrado agredindo uma mulher em uma academia em São Paulo.

A partir de telefonemas gravados por uma mulher que acusa Brennand de esturpo das declarações autoelogiosas dele, o UOL conta por que o empresário se preocupa tanto em ter a "biografia" manchada em sua terra natal.

A reportagem também detalha a briga dele com seus familiares, inclusive com os pais, que anteciparam a herança e chegaram a cortar laços com o filho.

Brennand (a um primo com câncer): "Já tá todo mundo sabendo da metástase, Cancinho. Que pena, hein? Parece ferrugem no teu corpo, né?"

Continua após a publicidade

Episódio 4 - Show de networking

Em áudios inéditos, Thiago Brennand confirmou ter agredido e estuprado K. Ele também orientou a vítima a desfazer um boletim de ocorrência aberto no Recife, em 2021, no qual era citado pelo crime de cárcere privado. Thiago pediu ajuda a três delegados de Pernambuco, que chamou de amigos, como registrado em ligações gravadas por K.

K.: "Você promete nunca mais bater em mim?"
Brennand: "Prometo. Dou minha palavra. Dou minha palavra. Na frente de quem quiser aí."

Brennand: "Mas eu fiz à força e com raiva. Não fiz?"
K.: "Fez."
Brennand: "E você dizendo não não, eu fiz com raiva. Beleza. Tá certo, K. Eu assumo."

K.: "Eu fui na delegacia que ele me pediu pra ir. Quando eu cheguei lá, já tinha duas pessoas me esperando. Eu estava com o oficial de justiça na minha frente. Quando eu sentei ali na frente dela, ela falou assim: para, você não pode me falar isso, porque eu vou ser obrigada a escrever isso aqui."

Testamento dos pais do Brennand: "O nível de agressividade do filho Thiago Antônio Fernandes Vieira em relação à testadora atingiu, segundo ela própria, um nível insuportável de sofrimento, razão pela qual decidiu deserdar o seu filho Thiago Antônio Fernandes Vieira. A testadora enumera aqui algumas das graves injúrias assacadas contra ela pelo filho: 'Essa é uma figura abominável. Muito foda ter essa coisa horripilante como genitora'."

Continua após a publicidade

Episódio 5 - A morte antes da desonra

Detalhes da relação entre Thiago e seu único filho, L., de 18 anos. Os dois colecionam episódios de briga e de companheirismo, registrados em boletim de ocorrência, em depoimentos à Justiça e em postagens nas redes sociais.

L. (filho de Brennand): "Eu quero deixar clara a parte do 'eu não sou meu pai, entendeu?'. Eu não sou meu pai. E todas as pessoas do meu convívio sabem que a minha índole, o meu caráter, a minha vontade difere muito do meu pai, completamente do meu pai. Eu não quero ser responsabilizado por coisas que ele fez, por coisas que ele causou..."

H. (namorada do filho): "Ele fazia eu dormir na mesma cama que ele, porque ele tem medo de ficar sozinho."

H. (namorada do filho): "No que eu comecei a desafiar ele, ele começou a me insultar, aí ele entrava: 'É porque você sabe, né, se fosse você nessa situação, você acha que cê taria no Fantástico? Você nem taria no Cidade Alerta, isso é pros grandes!' E se comparava com outras pessoas. Por que qual é a dele, ele gosta de humilhar as pessoas e se sentir melhor, esse é o jogo da vida dele, com tudo e com todos."

Continua após a publicidade

Episódio 6 - O castelo de cartas

A agressão de Thiago a uma mulher na academia Bodytech, em São Paulo, foi o estopim para uma série de denúncias e acusações envolvendo o empresário.

Além do caso K., produtora pernambucana que acusa Thiago de estupro, a estadunidense C. e a ex-miss P. disseram à Justiça que também foram estupradas pelo empresário.

C.: "E daí ele virou para mim e falou: se eu mato você agora, quem vai procurar você?"

C.: "Eu falei 'Eu não quero, por favor'. Eu tava quase gritando, eu lembro disso. E depois ele me xingou porque eu sangrei e estragou as roupas de cama dele."

Continua após a publicidade

P.: "O momento que ficou mais marcado foi quando ele começou a forçar a relação anal. Eu me lembro de falar para ele: 'Thiago, por favor, não'. Eu neguei muitas vezes, assim, com o resto de força que eu tinha eu só falava não, não, não."

P.: "Doutora Silvia, agora começam as horas mais malucas, porque eu entrei no modo sobrevivência. Eu pensei assim: tá, eu tô sozinha num quarto de hotel, tem um cara armado do lado de fora, eu tava com muita dor na região íntima. Então, assim, não é que eu não sabia o que tinha acontecido, eu sabia. E eu pensei: ele vai chegar aqui a qualquer momento, eu preciso sair dessa situação".

C: "Ele falou que ele mandou vídeos dela, deles transando pra família inteira, mas como pode isso? Ela deixou filmar? E ele falou pra mim que filma 'todo mundo que entra na minha cama'. 'Como assim?' 'Eu filmo todo mundo'. 'Mas como? Sem consciência, sem autorização?' 'Eu não preciso, é minha cama, é minha casa.'"

"Brennand" está disponível no YouTube do UOL Prime, Spotify, Apple Podcasts, Amazon Music, Deezer e em todas as plataformas de podcast.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes