Conteúdo publicado há 1 mês

Empresário é preso suspeito de maus-tratos e ameaças contra os pais na BA

Um empresário foi preso ontem suspeito de maus-tratos, agressões verbais e ameaças contra os pais idosos em Salvador (BA).

O que aconteceu

Fábio Luis Ceuta de Lacerda, de 44 anos, conhecido como Pipa e dono de um beach club, descumpriu medidas protetivas relativa aos pais. A prisão ocorreu na Barra, bairro nobre de Salvador.

O empresário já ameaçou de morte e agressão os idosos, ambos de 74 anos. Uma medida protetiva em favor dos dois foi solicitada no final de 2023 e aceita em janeiro desse ano, determinando que o filho mantivesse distância dos pais.

Várias ocorrências de maus-tratos foram feitas desde 2014. Fábio respondeu em liberdade às acusações. ''Atualmente os pais encontram-se ainda mais vulneráveis, o que torna indispensável esse flagrante, bem como a própria manutenção da prisão", entendeu a delegada do caso, Mariana Ouais.

Fábio tem mais de 16 mil seguidores nas redes sociais. Ele publica fotos com famosos, como Thiaguinho, Xand Avião e Zé Vaqueiro, e costuma divulgar atrações do beach club que administra.

O empresário irá responder por maus-tratos, ameaças e pelo descumprimento de medida protetiva. A 14ª Delegacia Territorial da Barra pediu a prisão preventiva do suspeito.

O UOL tenta contato com a defesa do suspeito. A matéria será atualizada assim que houver retorno.

Deixe seu comentário

Só para assinantes