Conteúdo publicado há 1 mês

Suspeito de matar pessoas em situação de rua 'por prazer' é preso em Goiás

Um homem foi preso suspeito de matar pelo menos três pessoas em situação de vulnerabilidade em Goiânia.

O que aconteceu

Suspeito "matava por prazer", diz polícia. Todas as vítimas do homem estavam em situação de rua ou eram dependentes químicas. Ele as atraía com chamados para usar drogas. A prisão dele foi registrada ontem.

O homem foi apontado como possível causador dos assassinatos por denúncias anônimas. Em diligências, a polícia encontrou rastros de sangue em um dos endereços ligados a ele. Parte do sangue só foi detectado com a presença de luminol.

Na delegacia, o suspeito só confessou uma das mortes, informou o delegado Marcus Cardoso, da PCGO. As investigações continuam em busca de esclarecimentos dos fatos.

Crimes ocorreram em intervalo de três meses. A primeira morte foi registrada em 16 de dezembro; a segunda, em 23 de dezembro e a terceira em 1º de fevereiro, informou a Polícia Civil. A identidade do homem não foi divulgada.

Homem bebia sangue das vítimas. Após algumas das execuções, o suspeito preso bebeu o sangue das vítimas, apurou a Delegacia de Investigação de Homicídios. A polícia ainda não informou quais justificativas foram dadas por ele para isso.

Os crimes ocorreram na região norte da capital. As mortes são investigadas pela Delegacia Estadual de Investigação de Homicídios.

Deixe seu comentário

Só para assinantes