Conteúdo publicado há 3 meses

'Me sinto ofendida', diz mãe de Isabella sobre futura libertação de Nardoni

Ana Carolina Oliveira, mãe de Isabella Nardoni, afirmou que se sente ofendida com a possibilidade de libertação de Alexandre Nardoni, preso pelo assassinato da criança. A fala foi dada em entrevista à TV Globo.

Eu me sinto ofendida como mãe e até em memória da minha filha. A gente sabe que vai acontecer [a liberdade], mas não espera que isso aconteça.
Ana Carolina Oliveira, em entrevista à TV Globo

O que mais ela falou

"Justiça feita na época". Apesar de narrar frustração com a possibilidade de libertação de Alexandre, Ana Carolina afirmou que teve a oportunidade de ver a Justiça feita. "A gente sabe com quantos casos hoje isso não acontece", disse.

"Tenho vontade de viver". Ana Carolina contou que os dois filhos mais novos deram a ela a oportunidade de maternar novamente. "Eu gosto de viver e acho que meus filhos merecem isso também", afirmou.

Foco nas lembranças positivas. Ela também disse que não busca refletir sobre a forma como a filha morreu, mas sim evitar lamentações e pensar em como seria a relação com Isabella se ela fosse viva.

Redução de pena. Alexandre Nardoni foi condenado a 30 anos de prisão, mas deve entrar em regime aberto em abril de 2024. A decisão é fruto de uma série de reduções de pena por causa de bom comportamento, trabalhos na prisão e leitura de livros.

Crime cometido há 16 anos. Isabella, de 5 anos, foi jogada da janela da casa do pai, no sexto andar de um prédio de classe alta em São Paulo, em 29 de março de 2008. Além de Alexandre Nardoni, a madrasta da criança, Ana Carolina Jatobá, também foi presa.

Deixe seu comentário

Só para assinantes