Pet shop indenizará tutora após morte de cadela esmagada por caixa d'água

Uma clínica veterinária foi condenada a indenizar uma tutora após um cachorro morrer esmagado por uma caixa d'água em Cruzeiro do Sul (AC).

O que aconteceu

A GH Veterinária deverá pagar R$ 10 mil por danos morais. O episódio ocorreu no dia 18 de maio e a decisão do Tribunal de Justiça foi divulgada ontem.

Uma caixa d'água desabou sobre a cadela dentro do pet shop. O animal foi levado ao local pela tutora, Thamilis Regina Martins, para tratar uma infestação de carrapatos, e precisou dormir no pet shop para ser tosada e banhada com remédios.

Os animais com carrapatos eram colocados em um local externo para não infestar o ambiente. No dia seguinte, Thamilis recebeu a notícia da morte. A mulher contou que convivia com o animal há mais de oito anos e destacou seu abalo emocional.

Justiça entendeu que o pet shop não foi cauteloso. "A clínica veterinária não adotou as cautelas de estilo a manterem a integridade física do animal, por ausência de estrutura adequada à atividade que exercia, permitindo que o cão viesse a falecer enquanto estava sob seus cuidados'', diz um trecho da decisão.

O UOL tenta contato com a GH Veterinária. O espaço segue aberto para manifestação.

Deixe seu comentário

Só para assinantes