Conteúdo publicado há 3 meses

Justiça manda soltar donos de pitbulls que atacaram escritora no RJ

A Justiça do Rio de Janeiro aceitou o pedido de habeas corpus e mandou soltar os donos dos pitbulls que atacaram a escritora Roseana Murray. O trio de tutores estava preso preventivamente.

O que aconteceu

Desembargador relator argumentou que os animais foram apreendidos. Segundo a decisão de Gilmar Augusto Teixeira, proferida nesta quarta-feira (10), os animais foram recolhidos junto à Secretaria de Proteção Animal do município de Saquarema após o ataque.

Em razão disso, a Justiça entendeu que não haveria perigo de manter os tutores soltos, já que os cães não estão sob a tutela deles. Os tutores presos são: Kayky da Conceição Dantas, Ana Beatriz da Conceição Dantas e Davidson Ribeiro dos Santos.

Justiça também manteve a decisão de perda temporária da tutela dos animais pelo trio. Além disso, eles não poderão adquirir outros animais até o julgamento do mérito do habeas corpus.

Defesa comemora a decisão. Ao UOL, os advogados Wallace Martins e Gabriel Chargel afirmaram que a manutenção da prisão era "absolutamente desnecessária" e apontaram o "acerto" do desembargador ao conceder o habeas corpus. A expectativa da defesa é de que o trio seja solto na quinta (11) ou na sexta-feira (12).

Entenda o caso

A escritora Roseana Murray, 73, foi atacada por três pitbulls dos vizinhos. Ela estava caminhando por Saquarema, na região dos Lagos, início da manhã de sexta-feira (5), quando o incidente aconteceu.

Ela foi arrastada por cerca de cinco metros e teve o braço direito dilacerado. Ela precisou amputar o membro direito, e uma das orelhas também foi arrancada, informaram os médicos. Murray precisou ser socorrida de helicóptero ao hospital Estadual Alberto Torres.

O estado de saúde da escritora é estável. A Secretaria de Estado de Saúde não deu mais detalhes sobre o quadro.

Deixe seu comentário

Só para assinantes