Conteúdo publicado há 27 dias

Mulher morre após ser atropelada por bonde em Campos do Jordão (SP)

Uma mulher de 33 anos morreu após ser atropelada por um bonde da Estrada de Ferro Campos do Jordão, em São Paulo, na tarde de ontem. Caso foi registrado como homicídio culposo e será investigado.

O que aconteceu

A pedestre ficou parada sobre os trilhos ao atravessar a ferrovia. A mulher não ouviu os diversos apitos e avisos sonoros do trem, segundo nota conjunta da Estrada de Ferro e da Secretaria de Transportes Metropolitanos. O acidente aconteceu na Vila Abernéssia, próximo ao Mercado Municipal de Campos do Jordão.

O maquinista tentou parar o veículo, mas não conseguiu frear a tempo. "O condutor do trem acionou rapidamente os dois freios do veículo ferroviário, que estava em velocidade compatível para o trecho, e realizou todos os procedimentos possíveis para a parada. Ainda assim, devido ao peso do trem, colidiu com a pedestre", diz a nota.

A Polícia Militar foi acionada após o acidente. Segundo a PM, o maquinista informou que a vítima caminhava falando ao telefone em direção à linha férrea, momento em que iniciou a travessia. "O condutor relatou ter buzinado diversas vezes e acionado o freio do veículo, porém não conseguiu parar, atingindo-a. Testemunhas presentes no local confirmaram as informações", diz a nota enviada pela Polícia Militar.

A vítima foi socorrida, mas não resistiu. O maquinista e o agente de trem prestaram atendimento e acionaram o Samu (Serviço de Atendimento Móvel). A mulher chegou a ser socorrida e removida do local, mas ela não sobreviveu. Os passageiros do trem não se feriram e foram transportados de volta em um ônibus da ferrovia.

Caso foi registrado como homicídio culposo, segundo a Polícia Civil. A Estrada de Ferro informou que está colaborando com o inquérito policial e que abriu procedimento interno para averiguar os fatos. A administração também lamentou profundamente a morte.

O UOL tenta contato com a Polícia Militar, que atendeu a ocorrência. O texto será atualizado em caso de resposta.

Deixe seu comentário

Só para assinantes