Conteúdo publicado há 26 dias

Funcionários são agredidos ao cortarem energia de morador no litoral de SP

Dois funcionários de uma empresa terceirizada que presta serviços à companhia de energia CPFL Piratininga foram agredidos com pauladas por um morador que teve a luz cortada em São Vicente, no litoral de São Paulo

O que aconteceu

Incidente ocorreu nesta terça-feira (18). Os funcionários foram agredidos pelo homem, que não teve a identidade divulgada, na rua Paulo Horneaux de Moura, na Cidade Náutica, em São Vicente, Baixada Santista.

Policiais militares foram acionados para atender a ocorrência. No local, eles apuraram que as vítimas estavam cumprindo ordem de serviço devido à falta de pagamento. Uma dos trabalhadores precisou ser levado ao hospital, onde foi medicado. Ele passa bem. O agressor de 50 anos foi preso em flagrante.

Caso foi registrado como lesão corporal e resistência. Um exame de corpo de delito também foi solicitado. A ocorrência foi atendida pelo 2º DP (Distrito Policial) de São Vicente, conforme informações repassadas pela SSP-SP (Secretaria da Segurança Pública) de São Paulo.

As cenas foram gravadas e divulgadas nas redes sociais. Nas imagens, um dos trabalhadores, que pertence a uma empresa terceirizada, aparece caído no chão. Ao lado dele, o vídeo mostra o morador com um tronco de madeira em mãos e outras testemunhas.

Em nota, a CPFL Piratininga lamentou a agressão contra os funcionários. A companhia disse estar à disposição de autoridades para esclarecimentos.

A CPFL Piratininga lamenta o ocorrido com os dois colaboradores da empresa terceirizada, em 18 de junho, em São Vicente, e está à disposição das autoridades para esclarecimentos. CPFL em nota enviada ao UOL

Deixe seu comentário

Só para assinantes