Conteúdo publicado há 27 dias

Homem se passa por morto para fazer transferência de carro e é preso em GO

Um homem de 39 anos foi preso após se passar por um falecido ao tentar realizar a transferência de um carro em Caldas Novas (GO), na quinta-feira (20).

O que aconteceu

Suspeito utilizou dados de um homem de 45 anos, que morreu em 2022. Ele foi preso em flagrante dentro do cartório de Caldas ao tentar assinar um DUT (Documento Único de Transferência) para vender o veículo do morto, uma caminhonete, por R$ 70 mil. As informações são da Polícia Civil de Goiás.

Polícia foi acionada pelos funcionários do cartório que desconfiaram do comportamento do homem. Conforme a investigação, o suspeito aparentou nervosismo e não conseguiu responder questionamentos feitos pelos empregados do cartório, a exemplo da data de nascimento do verdadeiro dono do veículo, já morto.

Suspeito já possuía passagem pela polícia pelo crime de estelionato. Ele foi preso e, em depoimento, se manteve em silêncio.

O homem foi encaminhado ao presídio de Caldas Novas e vai responder por uso de documento público falso. Se condenado, ele pode pegar até seis anos de detenção.

Como o suspeito não teve o nome divulgado, não foi possível localizar sua defesa para pedir posicionamento. O espaço segue aberto para manifestação.

Deixe seu comentário

Só para assinantes